Sub10 do SLNelas perdem 10-2 em casa com o Repesenses, na 8ª jornada da Fase Final dos Campeões

Recebemos o Repesenses, 1º classificado e esperávamos um encontro complicado. Vínhamos de uma derrota em casa do outro candidato ao título, os Cracks de Lamego e que eventualmente poderia ter deixado algumas marcas. Durante a semana trabalhámos alguns pormenores, que sabíamos de antemão que este adversário possuía. É a única equipa que joga num sistema de 3:3, com os alas muito abertos e que causa algumas dificuldades acrescidas às equipas adversárias. Também sabíamos da qualidade individual dos adversários, mas esperávamos que a nossa equipa conseguisse ultrapassar as dificuldades atrás mencionadas e que actuasse como um bloco, que acertasse as marcações individuais e que também tivesse alguma dose de sorte à mistura.
Convocámos 12 atletas Boto, Daniel, Francisco, Henrique, Marcelo (Gr.), Martinho (Cap,), Rafa (Gr.), Ricardo, Simão, Tiago A., Tiago F., e Tomás.
Para fazer face ao modelo de jogo do adversário, optámos por iniciar com o Rafa (Gr.), Martinho (Cap.), Daniel, Tiago F., Simão, Tomás e Ricardo.
Apesar das constantes orientações e das indicações dadas antes do jogo, há situações que não conseguimos controlar. A qualidade do Repesenses veio ao cimo, é uma equipa que cultiva a troca de bola, com desmarcações constantes e com atletas com uma capacidade individual muito elevada e que acabou por desbloquear com alguma facilidade o jogo.
Logo aos 4 minutos, a primeira falha defensiva e apareceu um jogador na marca de penalti sem marcação a fazer o 1º golo. Aos 9 minutos, uma bela jogada colectiva e estava feito o 2-0. Aos 12 minutos, uma bola que o Rafa defende para a frente e surge a recarga para o 3-0. Aos 15 minutos, o atleta canhoto, tal como já havia feito no jogo da 1ª volta, mandou uma bomba de fora da área. Aos 17 minutos, mais uma bela jogada de envolvimento de vários jogadores e estava feito o 5-0.
A nossa equipa não conseguia ultrapassar a defesa do adversário, mas aos 18 minutos, através de um pontapé longo do Rafa, conseguimos iludir um dos defesas e o Tomás não falhou frente ao guarda-redes contrário e diminuiu para 1-5.
Quando pensávamos que poderíamos reduzir a diferença do resultado, aos 22 minutos, uma bola muito alta (balão) o Rafa foi apanhado em contrapé e apesar de ainda tocar na bola, acabou por não conseguir evitar o 6º golo. Até ao intervalo, há mencionar que o Tomás beneficiou de um lance tirado a papel químico do 1º golo, mas nesta ocasião rematou à figura e ainda que o árbitro assinalou dois penaltis para cada uma das equipas. O Repesenses falhou, atirou ao poste e o Francisco, com muita calma, converteu o penalti com muita categoria e fez o 6-2, resultado com que fomos para o intervalo.
Ao intervalo, com a diferença de 4 golos era difícil motivar os atletas para a 2ª parte, no entanto, os atletas do SLNelas têm uma particularidade, nunca viram a cara a um desafio.
Tentámos de início acercarmo-nos da baliza do Repesenses, mas foi sol de pouca dura. Aos 30 minutos sofremos um golo numa jogada bem delineada, aos 35 minutos outro golo após cruzamento do lado direito, aos 46 minutos uma falha de marcação e a acabar o jogo, aos 49 minutos, com a equipa já a não conseguir reagir e a sofrer o último golo, com 2 jogadores soltos sem marcação em cima da linha de baliza.
A arbitragem fez um bom trabalho. Ainda que cabisbaixos, a jovem equipa Nelense recebeu um valoroso aplauso da Torcida Nelense que muito contribuiu para levantar a moral dos jogadores.
Um jogo que mostrou as grandes diferenças que existem actualmente entre as 2 equipas. O Repesenses tem uma dinâmica de jogo muito forte para o escalão de sub10, tem atletas “escolhidos a dedo” que são recrutados pelas várias equipas do distrito de Viseu, treinam 3x por semana, fazem um trabalho meritório, mas com somente 12 atletas e podem ainda dar-se ao luxo de seleccionar os atletas que pretendem para a equipa principal, dispensando os menos capacitados para as equipas B e C!
O jogo acabou com a nossa derrota por 10-2, que apesar de ser muito desnivelada, apenas valeu 3 pontos como uma derrota por 1-0. Continuamos com 10 pontos, temos agora a companhia do Crasto que também tem 10 pontos e fomos ultrapassados pelo Académico de Viseu que alcançou os 11 pontos.
Nas próximas 2 jornadas temos 6 pontos para tentar amealhar e assim procurar alcançar o pódio, pois as 2 primeiras posições já estão fora de questão.
O próximo jogo em Viseu com o Académico será um teste difícil e em que a vitória a pender para qualquer uma das equipas contribuirá para melhorar a classificação final.
Força Nelas!
Bancada Nelense

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies