Conselho Local de Ação Social de Carregal do Sal reuniu na passada Sexta Feira

O Conselho Local de Ação Social de Carregal do Sal reuniu na sexta-feira, no salão Nobre dos Paços do Concelho.
A ordem de trabalhos, constituída por quatro pontos, assentou na apresentação de ações desenvolvidas pelos parceiros e pelas ferramentas/m
Os trabalhos iniciaram com a apresentação do Banco de Ajudas Técnicas por Ana Filipa Serrazes, diretora técnica da Cáritas Paroquial de Beijós.
Depois, a presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Ana Cristina Borges, usou a palavra para se referir ao Relatório de Avaliação de Atividade de 2014 tendo destacado a negligência como uma problemáticas mais vezes sinalizada junto da Comissão.
Ana Henriques, da Bestcenter foi a oradora seguinte. Na qualidade de técnica da entidade formadora, referiu-se aos principais eixos financiados de investimento – POCH-Programa Operacional do Capital Humano; POSEUR-Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos e POISE-Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego.
Último ponto da ordem de trabalhos, foi a Comissão Municipal de Proteção de Idosos de Carregal do Sal. Ao fazer a respetiva apresentação, Ana Cristina Borges deu a conhecer os representantes de cada instituição parceira. Aproveitou então para lembrar a quantidade de idosos que estão sozinhos; que estão privados de condições básicas e até de acesso a medicação sublinhando, neste último caso, a vergonha que muitos sentem em o admitir para poderem continuar a ajudar familiares nas despesas com os encargos nomeadamente com empréstimos bancários. Adiantou, a propósito, a criação de uma plataforma eletrónica onde será partilhada informação das situações analisadas, permitindo a partilha pelos parceiros da Comissão e da adesão à “Campanha não caia nisso”, da Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia, que visa a prevenção de quedas na população sénior.
Antes das considerações finais da reunião, foram apresentados e distribuídos os desdobráveis da Comissão Municipal de Proteção de Idosos de Carregal do Sal que vai ser distribuído pelo Concelho, e da “Campanha não caia nisso”.
No âmbito do CLAS, a Vereadora Ana Cristina Borges informou da intenção de criar uma Unidade Socio-ocupacional para doentes do foro mental, para a qual já existe estrutura física. A ideia, sublinhou, já foi apresentada à Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões no sentido de ser feita uma candidatura no âmbito do atual Quadro Comunitário.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies