MARQUES NOVO encontrado morto em Viseu

Vieira Marques Novo, 47 anos, Engenheiro Civil de profissão, nasceu em Aguieira, onde também residia. Ao que apurámos era atualmente proprietário de um restaurante em Viseu. Fonte por nós contactada, contou que estava desaparecido há 3 dias e após diligências da GNR, que se deslocou à moradia onde residia com os seus pais, acabou por ser encontrado morto, ontem, em Viseu, alegadamente junto ao seu carro. Dois dos seus filhos, menores, nasceram em Angola, onde esteve radicado durante algum tempo e estudam na escola primária de Aguieira.                                                 

Lembramos que o seu nome está indelevelmente ligado à política local, após uma situação conturbada em 2005, antes da indicação de Isaura Pedro como candidata à Câmara de Nelas, nome que foi preferido pela Comissão Política Nacional do PSD, em detrimento do seu. Marques Novo era na época presidente da Comissão Política Concelhia dos social democratas que indicou o seu nome para a candidatura à Presidência da Câmara, nas Autárquicas do mesmo ano, que colocariam um ponto final no longo período de poder de José Correia, também falecido, com a vitória de Isaura Pedro (abaixo reproduzimos a notícia no jornal PÚBLICO, em 2005).

Na rede social FACEBOOK, na sua página, pode encontrar-se o apelo de sua irmã, Alexandra Novo, na sequência do seu desaparecimento : 


Boa noite a todos os amigos do Marques, eu sou irmã dele e estou desesperada sem saber nada dele. Quem tiver notícias do meu irmão por favor diga. Obrigada.
Neste seu diário digital iremos atualizar esta informação, sempre que existirem novos dados confirmados.

FOTOS retiradas da página pessoal do Facebook de Vieira Marques Novo.

NOTICIA do jornal PÚBLICO em 13-5-2005 : A Comissão Política Nacional do PSD chumbou anteontem à noite o nome de Marques Novo como candidato à Câmara de Nelas, optando antes pela independente Isaura Pedro. O ainda líder do PSD/Nelas admite agora a possibilidade de avançar para uma candidatura como independente.Tal como o PÚBLICO avançou na edição de terça-feira, o nome de Marques Novo foi votado na última assembleia de militantes, no passado sábado, depois de “mais de metade dos presentes” ter abandonado a sala em protesto contra uma série de alegadas irregularidades. Por isso, um grupo de militantes descontentes enviou um documento para as sedes nacional e distrital do PSD, apelando à “intervenção de todos os órgãos” para “restaurar a dignidade, bom nome e credibilidade do partido e dos seus militantes” de Nelas, impedindo a candidatura do líder concelhio do partido. Melchior Moreira, membro da Comissão Política Distrital do PSD Viseu, confirmou ao PÚBLICO que o nome de Marques Novo foi chumbado, anteontem à noite, pelo PSD nacional. “O PSD irá apresentar uma grande solução à Câmara de Nelas, abrangente à sociedade civil, que mobilize pessoas de outras áreas de influência política, e o presidente concelhio não reúne condições para isso. Portanto, a comissão política nacional, com o apoio da distrital, rejeitou a candidatura de Marques Novo”, afirmou. Melchior Moreira acrescentou que Isaura Pedro é o nome aprovado pelo partido. “Ela é a directora do Centro de Saúde de Nelas, é uma pessoa fora da área ideológica do PSD, já foi vereadora do PS, mas que neste momento não tem qualquer militância partidária, e, além disso, aposta num concelho forte”, justificou. O social-democrata confirmou ainda ao PÚBLICO que existe uma “abertura” entre as comissões políticas distritais do PSD e do PP para estabelecer uma coligação em Nelas, que é considerado um dos municípios mais difíceis do distrito de Viseu, nomeadamente para o PSD, devido ao projecto de lei de criação do concelho de Canas de Senhorim. Actualmente, o presidente da Câmara de Nelas é o socialista José Correia, que dirige os destinos do concelho desde 1989.

Marques Novo pondera candidatura independente

Contactado pelo PÚBLICO, Marques Novo “lamentou” a decisão do PSD nacional e a postura da distrital e admitiu a possibilidade de poder vir a avançar com uma candidatura independente. “A Dr.ª Isaura é uma excelente médica e num concelho onde existem tão poucos médicos tenho pena que se vá “queimar” um nome, que [numa sondagem] aparece vinte e tal por cento abaixo do PS”, considerou. Realçou ainda que o seu nome tinha sido “votado pelas bases”, havendo militantes que ponderam “entregar o cartão de militante do PSD”.”Como cidadão do concelho, sinto-me na obrigação de apresentar uma candidatura independente, porque Nelas precisa urgentemente de alguém que defenda os seus interesses”, continuou, sublinhando, no entanto, que a ideia está a “ser ponderada”. Caso avance como candidato independente, Marques Novo irá pedir a demissão dos órgãos do PSD/Nelas. O ainda líder concelhio do PSD crê ainda que a própria estrutura concelhia poderá vir a apresentar uma “demissão em bloco”, em protesto pela opção dos órgãos nacionais do partido. 

Público 13-5-2005

6 comentários a "MARQUES NOVO encontrado morto em Viseu"

  1. Eng Marques Novo, um Homem bom, com um coração enorme, possivelmente grande demais nesta terrinha de gente mesquinha e pequena, não conseguem ver além do seu quintal. O eng Novo foi mal entendido até perseguido pelos politiqueiros cá do burgo. Os meus sentidos pêsames para os pais e irmãos ( Vítor e Xana ). Para ti To Mané uma certeza ficarás para sempre no coração dos teus amigos e das pessoas a quem fizeste bem, vários projetos grátis, muita ajuda às associações, eu sou testemunha disso. Paz à tua alma.

  2. Senhor jornalista tanto a dizer deste Homem e o senhor foi só falar na parte menos conseguida da sua vida. Haja paciência.

  3. ó amigo gente mesquinha e pequena é voce

  4. To Mané serás sempre recordado amigo neste momento de dor só quero deixar um abraço solidário a todos os familiares.

  5. Até a noticia contem imprecisões quanto mais o resto! Paz á sua alma

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies