Multas e pena suspensa para agressores de Rafael Moreira

   Foi hoje conhecido o acórdão do processo envolvendo o jovem Rafael Moreira, do Folhadal. Na madrugada de 26 de maio de 2012, foi agredido num bar em São Romão, tendo sofrido um traumatismo craniano que afetou bastante a sua mobilidade.
  A decisão judicial de hoje, no Tribunal de Seia, acabou por condenar um dos arguidos (que o esmurrou) ao pagamento de uma multa de mil euros, enquanto o outro arguido (que o atingiu com uma garrafa na cabeça), foi condenado a pagar uma multa de 16 mil euros, com quatro anos de pena suspensa.
  Estas decisões indignaram a família de Rafael Moreira, tendo a sua mãe confessado que “esta justiça não funciona”. “Há imagens, como é que é possível?”, questiona Cristina Moreira, visivelmente revoltada, revelando que irá recorrer da decisão. “A única coisa que está presa é o meu filho. Preso no seu corpo”, afirmou. Cristina Moreira não entende ainda por que razão ao arguidos “têm autorização para sair do país”, pois apenas vieram ouvir a sentença, encontrando-se fora de Portugal.
   Praticamente imune a estes desenvolvimentos, Rafael Moreira continua a progredir na sua recuperação, estando as Termas das Caldas da Felgueira a proporcionar um conjunto de tratamentos gratuitos, que a família faz questão de agradecer. Agradecimentos extensivos ao vice-presidente da Câmara Municipal de Nelas, Alexandre Borges, que atuou nesse sentido.
Jorge Pereira

6 comentários a "Multas e pena suspensa para agressores de Rafael Moreira"

  1. Que tristeza! (o juiz)

  2. E a Mim que trabalho nas feiras PRA dar comer aos filhos Levo com multas maiores. . nao ha justica em portugal

  3. porque é que um paga 16mil com quatro anos de pena suspensa. e o outro mil euros ? Sendo que um deles tem milhares de casos na gnr de agressões?!?!?

  4. A dor de cotovelo é mesmo ruim de se aceitar.
    Como há que comprovar que um dos arguidos tem milhares de casos na GNR ????

  5. Este anonimo so pode ser marginal, como pode um cidadão fazer este tipo de comentario!

  6. Há comentários infelizes "dor de cotovelo" o senhor ou senhora não conhece ou não quer conhecer a realidade desses marginais!!!!! Também não deve saber viver como gente civilizada.

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies