Obras de recuperação arquitetónica (1ª fase) da Casa do Passal estão praticamente concluídas

Uma excelente notícia, que vai devolver a Cabanas o grande ícone da ação humanitária do seu grande cidadão Aristides de Sousa Mendes, que durante a 2ª Guerra Mundial salvou 30 mil pessoas do holocausto, passando vistos em Bordéus para a sua saída do país, contra as ordens de Salazar.
Aguarda-se agora pela “luz verde” para a 2ª fase, que passa pelas obras interiores, depois do exterior (incluindo telhado) estar recuperado.
Foto : Rui Rodrigues

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies