SEF anuncia detenção de três cidadãos estrangeiros no âmbito das fiscalizações a Clubes na região Centro

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou ter detido três cidadãos estrangeiros e notificado 105 para deixarem Portugal no prazo de 20 dias, no âmbito de uma fiscalização a associações e clubes desportivos.

Em comunicado, o SEF informa que a fiscalização foi feita “no final de 2014 a seis dezenas de clubes e associações desportivas na zona centro do país”, maioritariamente ligadas ao futebol, referindo os distritos — Coimbra, Aveiro, Leiria, Viseu, Guarda e Castelo Branco -, mas não fazendo qualquer menção aos clubes envolvidos.
O SEF identificou 250 cidadãos estrangeiros, “dos quais 157 não estavam legalmente habilitados ao desenvolvimento da atividade praticada, por não serem possuidores de título de residência ou visto adequado à prática desportiva”.
Segundo o comunicado, do grupo destes 157 estrangeiros, “cerca de dois terços [108] não reuniam condições para iniciarem qualquer procedimento tendente à regularização da situação documental”, tendo 105 sido notificados para, no prazo de vinte dias, abandonarem o território nacional” e três sido detidos e presentes à autoridade judicial.
O SEF refere ainda que foram instaurados “25 processos de contraordenação aos clubes e associações que possuíam ao seu serviço atletas nas condições referidas, cujo somatório global rondará valores entre 50.000 e os 250.000 euros”.
SEF

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies