Câmara de Nelas aprovou hoje moção de repúdio a declaração pública de Manuel Marques sobre tarifa da água

1. Recentemente o Vereador do CDS, Dr. Manuel Marques, afirmou publicamente que o “Presidente da Câmara Municipal de Nelas, na reunião de 29 de outubro de 2014, pretendeu aprovar e aprovou, uma proposta de alteração ao Regulamento da água em vigor no Concelho de Nelas, para aumentar as tarifas da mesma”, e que, nessa altura, ele terá apresentado veemente protesto, acrescentando que, teria sido mesmo “o único que votei contra”;
2. Como se constata da ata da reunião de Câmara de 29 de outubro de 2014, no ponto 1.7 TAXA DE RECURSOS HÍDRICOS-DISCUSSÃO E APROVAÇÃO (fls. 27 a 38 da aludida ata) foi aprovado o seguinte:
– Aprovar a assunção e pagamento da dívida no valor de 103.826,94€ à Agência Portuguesa do Ambiente- ARH Centro;
-Dar poderes ao Presidente da Câmara para negociar este pagamento faseadamente;
– Fazer um estudo para atualização dos Regulamentos e dos preços relacionados com esta taxa – abastecimento de água e saneamento.
3. Face ao que a ata da reunião referida evidencia (ata devidamente aprovada e que corresponde à transcrição da gravação efetuada), o que o aludido vereador do CDS diz só pode exprimir-se em três palavras: mentira, deslealdade para com a Câmara e alarmismo;
4. Por ser assim, os proponentes membros da Câmara, hoje reunida, apresentam um voto de repúdio pela utilização da mentira como arma de exercício, dito, político, não se dignificando dessa forma o órgão Câmara Municipal e os seus membros.”
A presente Moção/Voto de repúdio foi aprovada por 4 votos a favor, tendo votado contra o dito Vereador do CDS e ainda o Vereador do PSD, Artur Jorge Ferreira por considerar desnecessário o voto de repúdio, sendo suficiente, no seu entender, a reposição da verdade, ou seja que nunca foi votado, nem ele o votou, qualquer aumento de água na reunião a que se reporta a acta.
Moção apresentada pelo executivo PS

20 comentários a "Câmara de Nelas aprovou hoje moção de repúdio a declaração pública de Manuel Marques sobre tarifa da água"

  1. A lei diz que a TRH deve depois ser cobrada aos munícipes.
    Assim aumenta ou não o preço da água?
    Mais uma artimanha e falsidade do BS

  2. é claro que o "estudo" tem como finalidade o aumento das tarifas, ou será que estamos enganados e o mesmo estudo vai reduzir o valor das tarifas?
    Não façam das pessoas burras, não apoio ou simpatizo com o vereador do cds, mas a sua interpretação é bem possivel que se venha a tornar realidade.

  3. Bom Dia!
    A Moção não relata o que está escrito na ata da reunião, mais uma falsidade.
    Direito de Resposta à Moção Aprovado pelo Executivo
    Liderado Por Borges da Silva

    Na página 35, da ata de reunião de câmara de 29 de outubro, pode ler-se “ o senhor Presidente da Câmara promova, eventualmente, por esta razão, ou por outras, em ajustamento ao Regulamento do Tarifário da Água e Saneamento.”

    Pode ler-se tambem na página 36 da mesma ata o seguinte: “ mandata o senhor Presidente da Câmara para apresentar numa próxima reunião de câmara, um ajustamento ao Regulamento de Água e Saneamento, que decorra, eventualmente, deste encargo financeiro e doutras obrigações legais à matéria da água.” (Sublinhado meu)

    Pode ainda ler-se: na página 37, no excerto: “ O senhor vereador Manuel Marques… fica consignado também e a única coisa que ele votou contra, objetivamente, foi o senhor presidente repercutir a divida no pagamento da água.” (Sublinhado meu)

    Em 31 de outubro de 2014, o Jornal On line noticiou com o título em epígrafe: “Eventual aumento da fatura da água em Nelas vai estar em cima da mesa.”
    “foi na reunião de Câmara da última Quarta Feira, que o assunto foi abordado pelo presidente da autarquia, Borges da Silva, que irá estudar a hipótese de repercutir no consumidor o encargo da taxa de recursos hidricos.”

    Numa entrevista publicada no dia 02 de janeiro de 2015, no Jornal On line “instado a pronunciar-se sobre o estudo para uma eventual revisão das tarifas da água em Nelas, o vereador do PS assume não ser favorável a essa decisão.”

    Sem ais comentários, pretenderam ou não aumentar as tarifas da água?

  4. ò Sr ex aferidor…deixe o Concelho de Nelas e as suas gentes em paz, não precisamos de um "incendiário". Admita que o povo o derrotou e não tenha essa sede de poder para ter os favorecimentos que sempre teve como vice! deixe-nos em PAZ

    Ass.Um cidadão!

    • Que raio de democracia é sua,anónimo das 10:06?
      Sem oposição é meio caminho andado para uma ditadura?
      Espero que o senhor não queira a lei da rolha para calar a Folha do Centro.
      Para sua informação nunca gostei dos métodos do vereador Manuel Marques, mas admito-os democraticamente.

    • Um cidadão "fidalgo"???

    • Caro cidadão,
      considero a profissão de aferidor tão digna como a sua que não sei qual é, nem me interessa!

    • O cidadão "fidalgo" é para o comentário que encabeça os outros susequentes deste (Anonymous15 de janeiro de 2015 às 10:06), parece-me não ter percebido.
      A linguagem utilizada é característica de um artista que por aqui passa muita vez…

  5. Senhor Cidadão
    Se o senhor apelida de incendiário a quem faz oposição e diz verdades, continue ligado ao regime e continue a chamar de incendiários a quem diz a verdade, até mesmo aos deputados do Partido Socialista, que fazem oposição ao atual governo, via verde para o seu amigo, não vai consegui-lo.
    O concelho de Nelas e as suas gentes merecem saber a verdade e como é feita toda a propaganda politica e como é paga.

  6. Voto de repúdio?Com este alarido todo? Era mesmo necessário este aparato todo por parte do executivo?
    Este executivo saiu melhor que a encomenda. BS parece não ter esquecido os ensinamentos da escola maoísta: derrubar quem não diz "amén", fazer "oposição á oposição" (Adelino, ainda vais nisto?).
    Haja paciência. Se querem repor o que julgam ser a verdade que vos assiste, muito bem. Agora uma moção de repúdio? A sério? Não têm nada mais importante com que se preocuparem?

  7. Gosto particularmnet de "o DITO vereador".
    Por falar em dignificar o òrgão Câmara Municipal e os seus membros…

  8. Borges da Silva, não tenho dúvidas que pretendia aumentar o preço da água.
    Mas queria fazê-lo culpando o anterior executivo liderado por Isaura Pedro, por não ter pago tal taxa.
    Infelizmente para ele, felizmente para os consumidores como eu, as coisas correram-lhe muito mal.

  9. O anónimo das 10:06, quer reforçar ainda mais a ditadura que se vive no concelho de Nelas.
    Nem que seja precisar arranjar facebooks falsos para criticar ou intimidar quem critica, ou até mesmo dar-lhe ordens de Rua… Rua… para ninguém saber o que vai dentro do convento.

  10. O homem foi aferidor com muita honra

  11. NESTA MATERIA torna-se claro que a câmara quis e quer aumentar as tarifas da àgua, esta é a verdade, podem ter que recuar, uma coisa é certa: os municipes ficaram esclarecidos.

  12. Com moções destas, a Câmara de Nelas corre o risco de entrar no anedotário Nacional !!!!!!!
    Um conselho Sr. Presidente, use a sua criatividade para coisas realmente úteis para a comunidade a que preside.

  13. O ódio pelas pessoas cegam-no. Será que o senhor Presidente ao apresentar a moção de voto era para demitir o vereador da oposição.

  14. Já entendi por que Borges da Silva não quer oposição

  15. A leitura do ponto antes da "Ordem do Dia" ajuda a compreender os políticos do nosso Concelho.
    Em baixo junto a Acta da Câmara de Nelas de 12/11/2014:

    http://www.cm-nelas.pt/index.php/actas-cmn/finish/112-actas-2014/1791-reuniao-de-12-de-novembro-2014

  16. BS pensa que somos todos pacóvios? Estamos fartos de demagogia! Se o vereador Marques estiver ao lado da população estamos com ele! Já agora vamos ver ansiosos o comunicado da câmara!

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies