“Centro de Saúde de Nelas bateu no fundo”

Fernando Carrilha, conhecido Moreirense, deparou-se hoje no Centro de Saúde de Nelas com mais uma situação inusitada.

Há anos utente daquela unidade de saúde, constatou hoje que tudo ali falta : desde o papel higiénico nas casas de banho até folhas de papel para as impressoras. “Foi-me dito que os próprios médicos têm que trazer papel de casa para imprimirem as receitas”, adiantou ao nosso jornal. A situação estará assim alegadamente desde a passada Quinta Feira, em que o posto de saúde não recebe da ARS qualquer material de reposição. 
Indignado, Fernando Carrilha desabafa “isto já não é o Sul da Europa, estamos no Norte de África”.
O nosso jornal acaba de enviar via e mail um pedido de esclarecimento à ARS do Centro, sobre a situação.

2 comentários a "“Centro de Saúde de Nelas bateu no fundo”"

  1. Gostava de saber se no Centro de Saúde é feito algum controlo dos bens consumíveis aí usados?
    Não será uma oportunidade para uma investigação do Jornal que tão independentemente dirige?

  2. Declarações de um insuspeito cidadão, em opinião individual causisticamente recolhida pelo jornalista…

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies