Borges da Silva (re)assume diversos compromissos até final do seu mandato …

… entre os quais dotar as Juntas de Freguesia de mais meios e competências
    O presidente da Câmara de Nelas, mostrou-se ao nosso jornal muito otimista até 2017, com o desenvolvimento do seu trabalho na gestão da autarquia. Assim, elencou-nos diversas ações e objetivos, consentâneas mais uma vez com o seu programa eleitoral :
– Reforço das máquinas, equipamentos municipais e formação profissional dos trabalhadores 
– Continuar com os programas SOS Buraco, A Minha Rua e SOS Escola
– Continuar a Promoção do Território 
– Reduzir a dívida e baixar IMI
– Construir e recuperar todas as ETAR´s no concelho
– Continuar a reflorestar (mais de 400 árvores já foram plantadas, incluindo a reflorestação da Mata das Alminhas)
– Recuperar as Escolas Primárias
– Reabilitação Urbana dos centros  históricos de vilas e Aldeias
– Promover a  Habitação Social
– Dotar de  mais meios e competências as Juntas de Freguesia
– Aumentar Cemitérios (Vilar Seco, Canas, Folhadal, Senhorim, Lapa do Lobo e Santar)
    “Foram 14 meses de rigor, a limpar e estabilizar, mas também a desenvolver e projetar”, afirmou ao nosso jornal Borges da Silva, em jeito de balanço intercalar do seu mandato, tudo isto conseguido por “um presidente e apenas dois vereadores em permanância” e com a “com a compreensão e esforço dos munícipes, que sofreram com uma carga fiscal  agravada e também com a ajuda de todos os  demais vereadores, autarcas e colaboradores da Câmara – que também se revêm na forma como a coisa pública é conduzida senão não iriam em mais de 80% (mais de 200), ao jantar convívio de Natal, em que até que tiveram que pagar 5€ cada e ainda com a ajuda das Freguesias,  Assembleia Municipal e apoio de todos os fornecedores”.

15 comentários a "Borges da Silva (re)assume diversos compromissos até final do seu mandato …"

  1. Valha-nos isso, já fala em baixar o IM, só espero que não seja em 2017!!!!

  2. Então da relação de compromissos não consta o lançamento do museu do vinho de Santar, ou a construção do Museu em Viseu, sempre é uma mais valia para Nelas?
    E o Lar de Carvalhal Redondo, também é uma miragem?
    O edifício Multiusos em Santar outra miragem?

  3. Caro Presidente felicito-o pela sua coragem, faz ver ao seu colega Costa de Lisboa que não se compromete com nada. Lembra-se do outro que prometeu 150.000 e no final deu-nos a bancarrota?

    • A que propósito vem falar neste espaço do Dr António Costa? Não venha comparar, aquilo que é incomparável ou seja BS e AC, leia o curriculum de António Costa e depois fale!

  4. Caro comentador das 20:47
    Obras para quê, o Povo não gosta disso quer: Fátima, Futebol e Fado.
    Com bolos se enganam os tolos!

  5. vejo que alguma coisa foi feita, as pessoas muitas vezes criticam quando não vêm o cimento ou o alcatrão…
    Outras coisas foram feitas.
    De louvar a iniciativa da parte da fundação da Lapa do Lobo ao proporcionar transporte a quem precisa… tarefa que as camaras do país se "falta-me a palavra" desviam…
    Continuem, estão a ir bem

  6. Mas o Povo também gosta de verdade

  7. Por falar em verdade…
    É bem verdade que a gestão do atual executivo nada tem a ver com o desastre do anterior. Mas também, em abono da verdade, pior era impossível.
    Ainda sobre a verdade, no caso a falta dela, o atual executivo e a sua entourage, e propaganda localizada, têm feito passar a mensagem do milagre financeiro na redução da dívida, com a sua renegociação, reestruturação e corte na despesa… Nada mais inverdadeiro.
    O grande contributo para a redução da dívida tem a ver com a enorme receita provenienete da taxa do IMI.
    daí o presidente contradizer-se. Promteu na campanha baixar o IMI, mas lá chegado viu a mina que era nas receitas e toca de assobair para o lado e os "seus Pachecos Pereiras" que façam o resto por este espaço e nos cafés na culpabilização do anterior regime.
    A promessa é baixar o IMI, pois é, mas só lá para 2017.
    Em abono da verdade.
    Munícipe Atento.

  8. Primeiro encho o papo, esmifrando os municipes e depois em 2017, ano de eleições já há condições para baixar o IMI.

  9. Este executivo foi um erro de "casting"

  10. Na Lapa criam uma Associação, com gente que o povo não conhece, dão-lhe logo tudo , incluindo a Sede, outras que existem no concelho e criadas com muito sacrifio pelo povo e que até serviram para os jardins de infancia do concelho, vêm-se privadas de certos apoios, estando mesmo com dificuldades em funcionar.

  11. Venha um novo 25 de abril para o concelho de Nelas.
    Viva a liberdade conquistada em abril.

  12. o pior executivo de sempre

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies