Futebol Sub 11 : SL NELAS alcança em Carregal do Sal a sexta vitória consecutiva

Defrontávamos fora na 6ª jornada o Carregal do Sal, uma equipa que tinha ganho na jornada anterior por 3-2 em Mangualde.
O adversário tinha duas vitórias, em Mangualde e em Canas e três derrotas, em casa com os Pestinhas e com os Galfarritos e fora com os Pinguinzinhos.
No dia do jogo estava um tempo óptimo para a prática do futebol, uma temperatura amena, bastante sol, algo totalmente diferente dos dias que o antecederam. O relvado sintético do Carregal do Sal estava mesmo convidativo.
Face aos 18 atletas que temos no plantel, mantivemos a rotatividade já habitual, trocámos 5 atletas do jogo anterior para este e convocámos 12 atletas, Bernardo, Daniel (Cap,), Francisco, Gui, Guilherme, Marcelo, Rafa, Ricardo, Simão, Tiago A., Tiago F., e Tomás.
Apresentámos como equipa inicial, Rafa, (GR.), Daniel (Cap.), Simão, Francisco, Tiago F., Tomás e Gui.
Apresentámos neste jogo os novos casacos que foram parcialmente suportados pelos pais, com o apoio de duas empresas, Clínica Médica Dentária Armando Oliveira, de Viseu, na pessoa da Drª Luisa Oliveira e Neltricauto de Nelas, na pessoa do Sr. Agostinho Almeida, às quais nós agradecemos o carinho e a célere receptividade no apoio às nossas crianças, Uns casacos muito confortáveis, bonitos e que vieram aformosear os nossos atletas.
Quanto ao jogo, mantivemos a equipa habitual, entrou somente o Gui para PL, o atleta fazia anos e teve esta prenda de última hora. Entrámos no jogo com alguma ansiedade, a queremos resolver tudo muito depressa e os lances não estava a sair muito bem. Apesar de estarmos com ligeiro ascendente no jogo, este ainda estava equilibrado e repartido pelo meio campo. Aos 6 minutos trocámos os PL e passado um minuto, sofremos golo. Uma jogada do lado esquerdo, já dentro da área, há um remate forte cruzado e golo.
A equipa não sentiu qualquer toque com este golo e foi à procura do resultado. Passados dois minutos, há um remate do Francisco, o Gr defende para a frente, o Tomás recargou com potência, a bola embateu na trave, bateu dentro da baliza e saiu. Entretanto o Ricardo já estava a colocar de cabeça a bola na baliza, mas já o árbitro estava a validar o golo do Tomás. O empate estava conseguido. Mais quatro minutos e num rápido contra-ataque, o Ricardo isolado pelo Tomás, após uma reposição forte do Rafa não falhou e fez o 2-1.
Após estarmos em vantagem, o Carregal do Sal tem duas situações perigosas, numa delas, uma jogada confusa na nossa área, em que fomos lentos a limpar, há um remate forte que vai à trave e numa outra situação, uma jogada individual em que um adversário rematou muito forte à entrada da área, mas foi ao lado.
A partir daí só deu SLNelas! Mais um rápido contra ataque e o Ricardo a redimir-se de jogos anteriores e fez com facilidade o 3-1. Até ao fim da primeira parte, 5 cantos marcados pelo Simão causaram jogadas de grande perigo, Ficou na retina um momento espectacular, um cabeceamento do Tomás em salto de peixe já dentro da pequena área, após a marcação de um dos cantos, assim como, um livre direto, tipo canto mais curto que o Tomás enviou ao poste.
Fomos para a segunda parte e continuámos a mandar no jogo, logo aos 4 minutos, o Tomás em mais uma jogada rápida apareceu frente ao GR e foi só desviar, a dupla de avançados estava endiabrada e aos 11 minutos foi o Ricardo que estava no local certo para fazer a recarga a uma defesa incompleta do Gr e aos 15 minutos, num canto, o Tomás fez o 6-1.
Com o jogo já resolvido, demos mais tempo de jogo a alguns atletas que habitualmente jogam menos tempo e que são menos vezes convocados. A equipa posicionou-se então com o Marcelo (GR), Simão, Tiago F. (Cap.), Bernardo, Gui, Tiago A. e o Guilherme.
A equipa acusou alguma falta de rotinas e o Carregal do Sal tomou conta do jogo. Ainda assim, o Guilherme teve uma situação clara de golo mas perdeu tempo no remate e numa outra situação, o Simão numa arrancada desde o nosso meio-campo pelo lado direito, foi ganhando metros, passando por adversários em corrida e já dentro da área frente ao Gr optou por rematar em potência, bateu no Gr e foi à trave.
No entanto a dinâmica do jogo estava mudada, por diversas situações, o Carregal do Sal apareceu com 4 e 5 atletas para somente 2 jogadores mais recuados. Aos 22` e aos 23` minutos, o Carregal fez dois golos, o primeiro após um canto, em que há uma falha de marcação, está um adversário solto à entrada da área que remata forte, rasteiro e cruzado e no segundo, numa jogada corrida, em que há mais um remate forte e colocado.
Entretanto o jogo acabou e alcançamos a vitória por 6-3.
A nossa equipa conseguiu neste jogo melhorar o nível de eficácia. Conseguimos concretizar 3 golos em contra-ataque algo que nos jogos anteriores não estava a acontecer. A equipa base está muito competitiva, com um nível de agressividade sobre a bola muito elevado. Os atletas têm rotinas das posições e já interiorizaram o modelo de jogo. Quanto aos atletas que habitualmente jogam menos, terão que continuar a treinar para melhorar e para que possam dar um maior contributo à equipa.
Alcançámos a sexta vitória consecutiva, continuamos a ser a única equipa invicta da nossa série e estamos de parabéns.
Quanto à arbitragem esteve bem e por mera coincidência constatamos que já é o terceiro jogo que somos dirigidos por esta dupla de arbitragem.
No final do jogo agradecemos à Torcida Nelense e ainda dentro do campo cantámos os parabéns ao Gui que fazia anos e dedicámos-lhe a vitória.
Na próxima jornada recebemos os Pinguinzinhos, actualmente em 2º lugar e tudo faremos para alcançar a 7ª vitória consecutiva e fazer uma primeira volta sem derrotas.
Força Nelas!
Bancada Nelense

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies