Alunos com capacidades acima da média recebidos na Autarquia

Foram recebidos hoje, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Nelas, os 18 alunos, com idades entre os 6 e 10 anos, do 1º CEB, que têm capacidade acima da média e que integram o Projecto Investir na Capacidade (PIC III) desenvolvido pelo Agrupamento de Escolas de Nelas. Este Projeto tem como principal objectivo criar experiências que visam tirar o maior partido das capacidades destas crianças sobredotadas, que nem sempre são entendidos como tal, uma vez que o desfasamento entre as suas capacidades e a exigência das aulas os leva à desmotivação e a resultados muito aquém dos que poderiam ter. 
Neste sentido e no âmbito da comunicação e da educação para a cidadania, na presença de docentes e pais, o Presidente da Câmara, José Borges da Silva deu a conhecer numa verdadeira aula teórico-prática o Concelho de Nelas, com uma breve incursão pela sua História, heráldica, freguesias, estimulando a participação e envolvimento dos alunos presentes na identificação em mapa das diversas localidades, bandeiras e património arquitetónico correspondentes. Os alunos puderam ainda conhecer algumas das atividades desenvolvidas pela Câmara Municipal, apresentadas por alguns dos seus funcionários. 
Paralelamente a esta atividade, decorreu no Edifício Multiusos de Nelas um ação de dramatização da obra “Aquilo que os Olhos vêem ou o Adamastor” de Manuel António Pina, obra lecionada no 3º CEB, desenvolvida pelo Teatro Viriato de Viseu.
No seguimento destas ações, estão agendadas para a próximo dia 3 de dezembro 2014 outras 2 sessões, uma teórico-prática sobre a organização administrativa a nível concelhio e outra de dinamização de sessão de ensaio, estimulando a capacidade de expressão, comunicação e criatividade. 
Este projeto, que vai já no terceiro ano em Nelas, é um caso de sucesso no que diz respeito à motivação e desenvolvimento das competências de um grupo de alunos de elevado potencial que são avaliados por psicólogos e acompanhados pela Associação Portuguesa de Crianças Sobredotadas. 
Desenvolver uma cultura empreendedora nos jovens, melhorar a cooperação entre a escola, a família e o meio diversificando a participação dos Pais/Encarregados de Educação, fortalecer a ligação com empresas e instituições do concelho, promover os valores do mérito e da excelência, estimular a curiosidade intelectual e a ambição cultural dos alunos fazem parte também dos objetivos deste Projeto.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies