FUTEBOL : Sub 10 do SL Nelas somam e seguem – 5ª vitória consecutiva

Nesta 5ª jornada defrontávamos em casa os Pestinhas, o 2º classificado, uma equipa tradicionalmente forte nas camadas jovens.
Tinham duas vitórias sobre equipas que nós ainda não tínhamos defrontado e um empate com o Mangualde e uma derrota tangencial com os Galfarritos.
Numa manhã com alguma chuva, o terreno estava um pouco pesado e escorregadio. Teríamos de aproveitar o fator casa, o apoio do nosso público e a melhor adaptação ao terreno de jogo teria de ser uma vantagem para nós.
Convocámos 12 atletas, Afonso, Boto, Daniel, Francisco, Henrique, Marco, Martinho (Cap.), Rafa, Ricardo, Simão, Tiago F., e Tomás.
Apresentámos como equipa inicial, Rafa, (GR.), Daniel (Cap.), Simão, Boto, Tiago F., Tomás e Ricardo.
Utilizámos o nosso equipamento habitual, o vermelho com as cores do clube e fizemos o aquecimento com as novas t`shirts, ofertadas pela CIM – Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, à qual agradecemos a pronta receptividade no apoio às nossas crianças, na pessoa da Dr.ª Mª Jorge Mendes e do Dr. Nuno Martinho.
A jogar em casa, forçámos o ataque desde cedo e o jogo passou a decorrer no meio campo do adversário. No entanto, neste jogo, apesar da maior posse de bola e de haver uma maior supremacia da nossa equipa, as ocasiões de golo não foram muitas. O jogo mostrou algum equilíbrio na zona central do terreno, as equipas encaixaram uma na outra.
Recordamos nesta primeira parte, um remate do Francisco por cima da trave, quando se encontrava na marca do penalti, vários cantos a nosso favor que causaram algum frisson e um cruzamento rasteiro do lado direito do nosso ataque, mas que o Ricardo falhou o remate. Sobressaiu nesta primeira parte, um Gr. que transmitiu muita segurança à sua equipa defendendo todos os remates com firmeza.
No intervalo acertámos alguns detalhes de posicionamento individual e colectivo e viemos para a segunda parte para tentar vencer.
Fizemos maior pressão ofensiva, certos dos maiores riscos que iriamos correr, com uma maior vulnerabilidade na nossa zona defensiva, com a equipa a ficar mais desprotegida, mas era um risco que teríamos de correr, se queríamos manter a senda das vitórias no campeonato.
O Gr. contrário continuava a segurar todas as nossas tentativas de remate, até nos cantos estava a conseguir ir à zona do 1º poste segurar as bolas altas!
Até que aos oito minutos, num lance genial do Tomás, conseguiu entrar dentro da área em dribles sucessivos, deixou para trás 3 adversários e já na pequena área, desviou a bola do Gr. e colocou a bola junto do poste. Um golo só ao alcance dos predestinados!
Passados dois minutos, poderíamos ter ampliado o resultado numa perdida flagrante do Francisco, com um remate potente por cima da barra, já dentro da pequena área. O jogo estava agora mais aberto, os Pestinhas tinham mais espaço na nossa zona defensiva e aos catorze minutos, tivemos a estrelinha da sorte, num lance em que há uma abordagem inadequada do nosso lado esquerdo da defesa, um adversário isola-se e perante a saída do Rafa, remata com estrondo à barra. Esteve à vista o golo do empate!
Durante aproximadamente três minutos, os Pestinhas cresceram com este lance, dominaram o jogo e mostraram algumas jogadas perigosas perto da nossa área. No entanto, com os espaços concedidos, aproveitámos para colocar em prática velozes contra-ataques e aos dezassete minutos, o Ricardo num lance conduzido pelo lado esquerdo, foi até à linha, entrou para a área e centrou. O defesa infeliz, ao tentar o cabeceamento fez autogolo. Com o resultado em 2-0 a equipa poderia descansar, mas não o fez, foi à procura do terceiro golo e passados dois minutos, numa jogada do lado direito aconteceu o único deslize do Gr. adversário, tentou mas não conseguiu desfazer o cruzamento e a bola sobrou para o Francisco que só teve de encostar, mas que teve o mérito de subir do lado contrário ao da bola para poder concretizar.
Até ao fim do jogo colocámos uma dupla atacante constituída pelo Henrique e pelo Marco que procuraram pressionar a defesa contrária e ganharam algum tempo de jogo e alguma experiência.
O jogo terminou com o resultado favorável de 3-0, alcançámos a quinta vitória consecutiva, somos a única equipa invicta da nossa série e estamos de parabéns. Neste jogo revelámos grande atitude e maturidade competitiva.
A arbitragem esteve bem.
No final do jogo agradecemos à Torcida Nelense que apesar do tempo chuvoso, não parou de nos incentivar e apoiar. Por último, aproveitando o facto do nosso Capitão Martinho ter feito anos no dia anterior, cantámos-lhe os parabéns em pleno relvado e dedicámos-lhe esta vitória.
Na próxima jornada iremos ao campo do Carregal do Sal à procura da 6ª vitória consecutiva.
Força Nelas !
Bancada Nelense

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies