FUTEBOL Sub 10 : SL Nelas soma a terceira vitória consecutiva com goleada em Canas

Na 3ª jornada defrontávamos fora o Canas de Senhorim que vinha de 2 derrotas volumosas. Já os tínhamos defrontado e nas duas vezes, os resultados foram muito desnivelados.
Desta forma e atendendo a que temos 18 atletas na equipa optámos por fazer alguma rotatividade e convocámos alguns atletas que ainda não tinham sido utilizados e deixámos alguns de fora que têm sido habitualmente titulares.
Convocámos 12 atletas, Afonso, Bernardo, Boto, Gui, Guilherme, Henrique, Marcelo, Marco, Rafa, Simão, Tiago A., e Tomás.
Apresentámos como equipa inicial, Marcelo, (GR.), Rafa, Boto, Simão, Bernardo, Tomás e Ricardo. Os restantes atletas foram participando ao longo de todo o jogo.
Jogámos com o equipamento branco, para se diferenciar mais facilmente do azul grená do Canas de Senhorim.
Tal como prevíramos, a diferença entre as duas equipas era muito substancial, até ao nível da corpulência. A maioria dos atletas eram mais novos que os nossos! De entre todos, o capitão de equipa, o Olival, era o atleta mais esclarecido. Por sinal, este atleta tem vindo a treinar connosco à 5ª feira. Também o GR adversário mostrou bastante qualidade.
O jogo só teve um sentido, a direcção da baliza do Canas. Iniciámos o jogo a pressionar e aos 4 minutos obtivemos o golo num lance infeliz de um defesa (autogolo), mas já antes tínhamos falhado 2 ocasiões claras de golo. A 1ª parte resume-se aos 4 golos que marcámos e aos inúmeros que falhámos, quer pelas intervenções do GR, quer pela ineficácia dos nossos atletas numa mão cheia de situações, em que bastava ter desviado do GR. Optaram quase sempre pelo remate em força, “acertando” a maioria das vezes no GR! Na 1ª parte houve muita ansiedade, muito apetite pelo golo e isso tirou discernimento aos atletas. Os atletas por tanto quererem mostrar serviço, acabavam por tomar opções inadequadas no momento do remate à baliza.
Na 2ª parte a equipa melhorou a qualidade de jogo, trocou mais a bola e teve mais calma a rematar. A equipa adversária fisicamente decaiu, o terreno com a chuva ficou mais pesado e o resultado desnivelou-se e terminou com a nossa vitória por 12-0. O Tiago Almeida marcou 3 golos, o Afonso e o Boto marcaram 2 golos cada um e o Bernardo, o Gui, o Simão e o Tomás fizeram também 1 golo.
Este jogo serviu para alguns atletas terem mais ritmo de jogo e mostrarem que são uma opção válida para jogos mais complicados.
A arbitragem não teve qualquer tipo de influência no jogo, mal se deu pela sua presença.
Apesar do mau tempo que se fez sentir, ouviu-se durante quase todo o jogo, a nossa Torcida Nelense. Um grande obrigado pelo vosso apoio, é também por vós que a equipa dá sempre o máximo em campo.
Força Nelas!
Na próxima jornada iremos defrontar o Mortágua e a equipa promete procurar a quarta vitória.
Bancada Nelense

3 comentários a "FUTEBOL Sub 10 : SL Nelas soma a terceira vitória consecutiva com goleada em Canas"

  1. Como adepto e pai de um dos atletas do GDR de Canas de Senhorim registo com consideração o post e a pessoa que o elaborou. Efetivamente, fez um relato correto e independente do jogo. Os miúdos do GDR efetivamente fisicamente são muito mais limitados, não só porque dois atletas importantes estão lesionados como a média das idades é de 8 anos. Apenas dois jogadores têm 9 anos, um é o guarda-redes que muita falta tem feito à frente, pois está a substituir o guarda-redes principal que está lesionado.

    Aproveito para deixar aqui um apelo às instituições do concelho, concretamente à CMN para intervir e ajudar os miúdos do GDR, colocando um sintético e fazer balneários com as condições que hoje se exigem. De facto, os miúdos do GDR são os únicos do campeonato que treinam e jogam em terra batida. Como é fácil de prever, quando chove, jogam e treinam na lama.

  2. Concordo senhor comentador

  3. Para quê um Sintético em Canas,se Já há um no Estádio Municipal de Nelas?

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies