ELEIÇÃO para a CONCELHIA do PSD NELAS agita as águas da política local

Na sequência da eleição para a concelhia do CDS/PP de Nelas, que representou a saída de cena do atual vereador do partido e ex líder da concelhia, Manuel Marques, um dos nomes apontados como provável candidato à estrutura local do PSD, João Rego, acaba de fazer no nosso diário digital o seguinte comentário :

Marques no seu melhor estilo!
Desengane-se quem pensa que ele saiu da comissão politica concelhia do PP,o homem tem lá a malta toda ,até aqueles que disseram dele aquilo que Maome não disse do toucinho.
A ideia é esta, MM afasta-se formalmente do CDS Concelhio,deixa o mesmo “controlado”, tem uns pontas de lança no PSD que defenderão que é ele o herdeiro da derrotada maioria e não tendo formalmente ligação ao CDS concelhio poderá ser o candidato pelo PSD ás eleições do longinquo ano de 2017.
Espero que os militantes do PSD tenham memoria e juizo e que saibam reconhecer o trabalho meritório que o Artur Jorge tem feito,que sem populismos bacocos faz oposição responsavél.
Haja decoro,o PSD já foi enxuvalhado por estes que sem vergonha fizeram militantes de conveniencia na altura em que havia muitas tetas para dar de mamar.
Felizmente o Concelho recupera e estas jogadas politicas de nada servirão para trazer ao poder quem nos deixou na penuria!

7 comentários a "ELEIÇÃO para a CONCELHIA do PSD NELAS agita as águas da política local"

  1. Que credibilidade e moral tem João Rego falar em penúria

  2. Na altura em que "havia tetas para mamar," foi exatamente nesta altura que Manuel Marques, legalizou um lote indutrial a este senhor e sua familia, que imediatamente foi vendido a atual VENDAP.
    Ao contrário do decoro que o senhor se refere, que ele não tem, eu ainda tenho algum e que baste, não vou aqui referir qual a urgência da legalização.
    Compreendo este ataque e sei qual é a sua motivação: Ainda há bem pouco tempo questionei o seu correligionário politico, porque motivo a vinda de uns carros antigos de espanha, a expensas dos nossos impostos, visitaram o espaço "Fidalgas de Santar", propriedade do senhor João Rego, e não foram escolhidas as demais quintas de Vinhos?
    Ao Senhor João Rego, quanto a "mamar", devo dizer que a "procissão ainda vai no adro" e "isto não é como começa mas como acaba"
    Em politica também há uma coisa que se chama gratidão.
    O vereador do CDS-PP
    Manuel Marques

  3. João Gouveia Rego | 25 Outubro, 2014 às 09:39 |

    Em resposta a este ataque pessoal,unica forma que este senhor conhece de estar na vida,apraz-me dizer o seguinte:
    -1o-A unica teta que conheço é a da iniciativa privada e do trabalho arduo.
    2o-A minha familia vendeu em 1999 uma propriedade,por nós construida e sem recorrer a materiais ou empreiteiros fornecedores da CMN,é ridiculo o argumento da legalização,quem a fez era funcionario do Municipio e ajudou a resolver um problema do mesmo(falta de loteamento na z.i Nelas).
    3o-As Fidalgas de Santar nunca receberam ou receberão um centimo ou deferencia do Municipio,é uma iniciativa privada de grande sucesso(eu sei,chato para alguns),mas que jamais se aproveitaria da CMN (nem para reparar barcos de recreio,(fico-me por aqui…for now)
    4o-Acreditem que a gratidão é um valor que me acompanha todos os dias,mas quando a minha fizer obras acreditem que terei DECORO e não arrebanharei materiais e trabalhadores para a respetiva obra(cuidado com a memoria!)
    Toda a gente me conhece,vida de dificuldades e de trabalho,sem telhados de vidro por isso só atirarão pedras os cobardes,mas se for preciso lavar roupa suja,tenho aqui o cesto cheio!

  4. Realmente,so ataques pessoais,sobre o comentario do Rego o Marques não disse uma palavra.

  5. Marques,comenta factos politicos,ou não te interessa?

  6. Perante as afirmações destes "senhores" isto não é um caso de polícia????

  7. Gosto particularmente do Rego "aconselhar" os Sociais Democratas. Tendo em conta a sua "militância" social democrata e o seu percurso e apoio ao PS nos dois últimos atos eleitorais, estamos conversados…

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies