NACO encena em Oliveirinha a peça “É urgente o Amor”

Último fim de semana de outubro – mais uma aposta teatral que se segue na prossecução da dinâmica cultural que o NACO tem vindo a seguir.
“É urgente o Amor”, de Luís Francisco Rebelo, é a peça que vai subir ao palco da Escola do Teatro, no próximo sábado, 25 de outubro, a partir das 21:30h.
Produzida pelo TEM – Teatro Experimental de Mortágua, encenada por Rafaela Santos e adaptada por Fernando Giestas, a partir de um poema de Eugénio de Andrade, a peça reúne um elenco de 10 atores que tudo fazem para provar que o amor é urgente para todos, em jeito de comédia/drama.
“É urgente o Amor” já valeu ao TEM diversos galardões:
– novembro 2012: Melhor Encenação e Melhores Figurinos, no II FESTRISO;
– dezembro de 2012: Melhor Encenação e Melhor Cartaz, no Festival de Teatro de Proença a Nova;
– novembro de 2013: Melhor Cenografia, Melhor Desenho de Luz, Melhor Actor, no XXVI Festival de Teatro de Barcelos;
– dezembro de 2013: Melhor Espetáculo, Melhor Encenação, Melhor Cenografia, Melhor Atriz, no Festival de Teatro Feira do Livro em Braga.
Sinopse
O Amor é urgente para todos. Branca é a que sofre mais, mas todos denunciam essa urgência em amar e ser amado. A vida poderia continuar assim, uma farsa tranquila, não fosse a obrigação de falar verdade para amar mais e melhor. Branca opta pela verdade e, com esta decisão, implica todos à sua volta: Mãe, Madalena, Alberto e Jorge. Ninguém quer sair e perder no amor. No final… um reflexo de nós mesmos, do nosso mundo de interesses e necessidades, cruzado pela imperial urgência do amor.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies