Situação económica e financeira da Câmara de Nelas melhora em 30 de Junho

     O fecho de contas intercalar do primeiro semestre de 2014, evidencia uma melhoria significativa da situação económica e financeira da autarquia de Nelas.
    Além da redução na Dívida Total (menos 267 mil euros do que em 31.12.2013), o grande indicador que mostra uma evolução positiva é o Resultado Líquido. Com um valor de cerca de 207 mil euros negativo, representa uma grande melhoria face aos exercícios anteriores, em que os valores se situavam entre 2 e 3 milhões negativos (em 2013, por exemplo, o resultado negativo foi de 2,4 milhões de euros).
   As principais rúbricas que estão a contribuir para esta evolução positiva, são os fornecimentos e serviços externos e os custos com pessoal, que têm vindo a registar decréscimos consideráveis.   Assim, paulatinamente, a autonomia financeira tem vindo aumentar (cresceu de 59,03% em 31.12.2013 para 60,81% em 30.6.2014) : esta é uma das grandes prioridades do atual executivo do PS, como tem sido relevado por Borges da Silva.

4 comentários a "Situação económica e financeira da Câmara de Nelas melhora em 30 de Junho"

  1. A notícia transmitida desta forma e somente com esta informação numérica não oferece qualquer análise séria e credível da situação financeira da Câmara.
    Por outro lado considerando de uma forma simplista o resultado líquido é fácil perceber que não havendo investimento nas freguesias e com a aposentação de trabalhadores substituidos por POC's, naturalmente que os resultados têm que aparecer. É uma questão de opção e responsabilização dos decisores. Nesta caso do decisor.

  2. Muito Bom Dia Senhor Jornalista!
    Quero vivamente agradecer-lhe por trazer à ribalta a fotografia do saudoso vereador Adelino, que há muito tem estado afastado das lides autárquica, mormente a discussão do Orçamento e das Grandes Opções do Plano.
    Nós sabemos que Adelino Amaral é indubitavelmente um excelente profissional, logo, para ele está em primeiro o seu emprego do que as tarefas politico-partidárias.
    Mas, será somente isso?
    É que aqui em Canas de Senhorim, na viagem Medieval, quando Borges da Silva, com o seu ar triunfante, se passeava pela feira ou viagem medieval, Adelino Amaral entre outros socialistas de relevo, cá da nossa freguesia, não acompanharam Borges da Silva na triunfalidade, onde estavam sentados lá ficaram, obrigando mesmo Borges da Silva a ir ao local para os cumprimentar.
    Leva-nos a concluir que Adelino Amaral já deu conta do logro para onde foi empurrado.
    Mas em breve mais noticias vão sair que deixarão Adelino Amaral e os socialistas em geral mais angustiados com a conduta deste presidente.
    Observamos que Adelino Amaral não trocou a presença de Borges da Slva pela companhia dos seus verdadeiros amigos, esses nunca acompanhariam o dono da casa amarela situada em Nelas.

  3. Deixem-se de tretas com o orçamento municipal, eu agora estou mais preocupado com a venda de quintas confinantes com os meus prédios para usar o direito de preferência e ficar com elas pelo valor da escritura, só espero que os bancos me emprestem o dinheiro para as compras.

  4. Exatamente!
    Houve um que comprou um Audi A5, depois de vender património para o comprar, quase que o desventravam, outros compram carros, casas, quintas e apartamentos e ninguém fala neles.
    Viva a lei da Rolha.

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies