LUIS BAILA e SÓNIA ARAÚJO vão contar-nos a partir de hoje A VERDADE DO VINHO


Hoje pelas 22h45m, na RTP 2, em estreia : “A verdade do vinho”

Corria o ano de 1986. A efervescência que se vivia com o aparecimento das primeiras rádios pirata em Portugal foi contagiante. A paixão pela música e pelo futebol, levou-me à paixão pela rádio. Recordo com grande saudosismo o tempo em que eu e o Luís Baila, movidos por uma grande fascínio pela música alternativa/independente, começámos, na cave de minha casa, com uma pequena mesa de mistura, um microfone, dois gira discos de vinil,um amplificador e duas colunas de som, a fazer explodir sons que nos marcaram indelevelmente – The Smiths, Housemartins, Prefab Sprout,  R.E.M., Lloyde Cole, Peter Murphy,Jesus & Marychain, P.I.L., Big Audio Dynamite, The The, New Order, Stone Roses, Mler If Dada. Sétima Legião, Rádio Macau, Xutos e Pontapés, entre muitos, muitos outros, faziam parte de um cardápio musical que jamais abandonámos. Foi em 19 de Março de 1986 que estivemos na linha da frente da fundação da Rádio Boa Nova, em Oliveira do Hospital. Eu e o Luís caminhámos juntos nesta aventura durante alguns anos : criámos o programa “A Máquina do Som”,em que aos Sábados pela tarde – entre as 15h e as 17h – partilhávamos com os nossos ouvintes aquelas propostas musiciais. A nossa cumplicidade e afinidade musical tornavam o nosso programa um dos momentos mais excitantes das nossas vidas. Depois o futebol aos Domingos à tarde e à noite. O Luís com uma notável veia de repórter e “pivot” e eu nos relatos dos jogos do FCOH – 3ª divisão nacional e depois 2ª B. O Luís desde cedo apostou no jornalismo como carreira profissional exclusiva. E chegou longe, muito longe, simbolizando uma geração de ouro, que se formou na Rádio Boa Nova. Por tudo isto e muito mais, é sinceramente com redobrado interesse que irei ver, hoje à noite, o Luís Baila estrear um programa dedicado ao que de melhor se faz em Portugal, noutra área em que também passámos a partilhar uma grande paixão : o VINHO e a VINHA. O Luís é um jornalista de grande envergadura,não só pela sua competência profissional, mas também porque coloca muita paixão e emoção no que faz. O Dão, que o Luís tanto tem defendido, terá na “VERDADE DO VINHO” o merecido destaque, com grandes reportagens nos seus mais importantes produtores. Certamente este será um dos momentos mais altos da sua carreira, tendo convidado a Sónia Araújo para este magnífico roteiro vínico pelo país. 
E a paixão continua …
José Miguel Silva

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies