FIGOS, diabetes e o seu papel na política Nelense

O FIGO foi de facto o protagonista da reunião de Câmara, realizada ontem de manhã em Nelas.
No período antes da ordem dia, quando se falava no encerramento da escola primária da Lapa do Lobo, o vereador do CDS/PP, Manuel Marques, acusou Borges da Silva de ser “o rosto visível do encerramento da escola”. O presidente da Câmara, que já tem deixado algumas moedas para o seu antagonista tomar café nos estaleiros municipais, decidiu desta vez interromper o vereador centrista para  lhe oferecer figos caralhetos (típicos da Beira), justificando a generosa oferta com os “diabetes baixos” de Marques. “Estes figos são caralhetos de uma figueira velha do meu pai”, revelou Borges da Silva, enquanto ia oferecendo aos restantes vereadores e a todos os presentes o nutritivo e doce fruto. Quando Manuel Marques usava da palavra, Borges da Silva ia novamente oferecer os seus figos ao público e vereadores. A resposta de Marques não se fez esperar : abandonou a reunião, tendo voltado uns minutos depois, quando a isso foi convencido pelos seus colegas Artur Jorge Ferreira, Rita Neves e ainda Alexandre Borges, vice presidente da Câmara.

52 comentários a "FIGOS, diabetes e o seu papel na política Nelense"

  1. Aquelas reuniões dão para tudo isto! Deixou de se respeitar aquele espaço concelhio!

  2. Para compensar os diabetes do presidente de camara

  3. VOCES ANDAM A BRINCAR COM O DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS

    NÃO MERECEM O LUGAR QUE OCUPAM

  4. Apesar das desavenças entre Presidente e Vereadores há que ter um pouco de respeito pelo Povo de Nelas! Até custa a crer que isto tenha acontecido em plena reunião.

  5. "Perdoai-lhes Senhor que eles não sabem o que fazem"!!!
    Aconselho o Sr. Presidente a fazer uma reciclagem começando pelo Ciclo Infantil, não acredito que isto esteja a acontecer no meu concelho. Anões políticos!!!

  6. Não é possivel! nem numa associação de bairro é admissivel descer-se tão baixo!…estou completamente atónico, nem sei o que pensar…estou estupefacto, incrédulo!…
    Admito que os protagonistas desta contenda não se suportem, " seguem" quando se vêm, se descontrolem, mas tudo tem limites.Haja respeito pelas instituições que representam, pelos lugares que ocupam, pois quer concordemos ou não com as suas políticas,quer um quer outro, representam ( ou representavam ) os munícipes que os elegeram.
    Podem até não se respeitarem como pessoas, mas devem respeitar-se institucionalmente.
    Distribuir figos, caralhetos ou não, em plena reunião de Câmara enquanto um vereador usuva da palavra, ainda que da oposição, é uma falta de respeito e de um desprezo, não só para com o orador, mas também para todos nós que prezamos as instituições democráticas.
    Se porventura assistia alguma razão ao Presidente da Câmara, com aquela atitude, certamente que a perdeu.
    Que forma estranha de fazer política!

    • Era melhor pr-se lá aos berros e a quere bater no adversário político?
      Há imagens disso ,quando o Queixoso em questão era aínda vereador na câmara anterior!.

    • Não se devem justificar situações que são injustificáveis! Estão a gozar literalmente com as pessoas que os elegeram

    • vergonhoso, Ainda falavam mal do Marques , este ainda é bem pior.

    • Caro Comentador, concordo inteiramente consigo.
      Vejo que teve o cuidado de ser completamente isento na apreciação que faz dos acontecimentos passados na última reunião de Cãmara.
      E, o facto de condenar a atitude do Presidente, não está de modo nenhum a branquear as atitudes incorretas do passado ou até mesmo do presente do Vereador Manuel Marques.
      É com estas atitudes que os Plebeus ( munícipes ) cada vez confiam menos nos Senhores (autarcas ). Estas pessoas com este tipo de atitudes em nada dignificam a politica, que é uma coisa nobre. Não admira pois, que com este tipo de protagonistas,o desinteresse pela coisa pública vá sendo cada vez maior.

  7. Sr. Presidente pare para pensar antes de falar. Pena é tanta luta para o sr. estar na Presidencia e agora vêr as suas tristes figuras e discursos. Os trabalhadores da Câmara têm de se tratados de igual modo, ou uns sao os bons ( neste caso dois, um senhor e uma senhora que tanto mal disseram de si ) e os outros são o quê para si?
    Era bom para todos que de uma vez por todos mostre o que realmente é. Já passou um ano…

  8. Quantos figos comeu o Adelino Amaral?

  9. Não concordo com a atitude do senhor presidente, isto não é demoracia , votei neste executivo, pensei que iam mudar as coisas do antigamente, mas reparo do que leio que estou muito arrependido de lhe ter dado o meu voto.

  10. Manuel Marques não reagiu tempestivamente como o fazia no passado?
    Não acredito, ou o homem tem alguma coisa na manga!

  11. Por favor senhor presidente mude de atitudes, não está num café. Andei eu a falar bem de si e a lutar pela sua eleição e agora é só figuras tristes. O marques é que era o arruaceiro e o mau. Já começo a dizer para os meus amigos: ainda faltam três anos porque me sinto envergonhado e muito que até evito sair de casa, para não ser gozado por as pessoas que eu convenci.E por outro lado envergonhado de ser do concelho de Nelas por estas noticas do presidente da câmara…

  12. Eu admito que o marques fosse arruaceiro.
    Uma coisa é certa, ele mudou muito, aquilo que eu já assisti, às provocações que lhe fazem, como ele diz, o homem anda mesmo a "tomar as gotas"
    Mas se ele quer ser candidato em 2017, ele tem mesmo que mudar, ao contrario do Senhor Presidente da Câmara, que não mudou em nada, bem pelo contrário.
    Será certamente por tudo isto, que o Dr. Adelino Amaral se está a afastar paulatinamente?

  13. Volta Bin Laden está perdoado!

  14. Qual Bin Laden? o de Vila Ruiva, já muita gente a pedir o seu regresso, mesmo aqueles que o atraiçoaram pelas costas.
    Ele tinha mesmo bom coração.

  15. BS, tem muito que explicar ao que fez ao engenheiro de Santar, salvo erro Sérgio que fazia parte das listas para a câmara municipal, um homem integro e que lhe deu muitos votos e foi desprezado pelo atual presidente.

  16. ELE DESPREZA QUEM MAIS O AJUDOU. E QUE DEU A CARA POR ELE. temos pena mais vale o Marques ao poder do que ele

  17. Lidos todos os comentários, salta à vista desarmada (sem ser preciso recorrer a lupa muito potente) que temos aqui um comentador militante. Sempre o mesmo, com a mesma lógica, com o mesmo objectivo. Malhar no Presidente e elogiar o Vereador da oposição. Evidentemente os seus desejos estão dificeis de alcançar, sobretudo porque os leitores mais atentos para estas coisas da política, facilmente detectam este "filme". Mas reconhecemos que ultimamente houve uma tentativa de disfarce por parte deste senhor comentador(a). Agora a estratégia é passar por ARREPENDIDO apoiante/votante no Sr Presidente, (como se alguma vez tivesse votado) claramente para influenciar algumas franjas que estejam descontentes. Aposta tambem na DIVISÃO do PS. Adelino afasta-se, Adelino não concorda, Adelino não apoia. Empenha-se em atirar com os TRABALHADORES CONTRA o Presidente. Faz mesmo comentários como trabalhador. E a cereja no cimo do bolo. Fazer do senhor Vereador um anjo de níveas asas brancas que se encontra em grande transformação. Onde no passado existia uma voz alta e forte existe agora uma voz sussurante e melodiosa. A pergunta é. O que a derrota tirou de tão importante?

  18. Afinal de quem partiu a cena dos figos?
    Afinal quem não respeita a instituição?

  19. Afinal quem postergou o senhor engenheiro de santar?

  20. Concordo com os comentários das 16:23 e das 16:24.
    Por favor não queiram branquear comportamentos indignos.

  21. Prezado amigo, comentador do dia 25/09 das 19:40 horas;
    Não podia estar mais de acordo consigo. Subscrevo ipsis verbis o que deixou escrito no seu comentário.
    Espero que o executivo camarário tire daí as devidas ilações.

  22. De quem eram os figos?

  23. Ta tudo doido! Viva o Porto

  24. Sempre o mesmo comentador (em causa própria?)
    E VEJAM A ESTRATÉGIA

    "Anonymous25 de Setembro de 2014 às 22:07
    vergonhoso, Ainda falavam mal do Marques , este ainda é bem pior.
    (ELOGIAR O VEREADOR E ATACAR O PRESIDENTE)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 01:06
    Quantos figos comeu o Adelino Amaral?
    (DIVIDIR O PS)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 08:29
    Não concordo com a atitude do senhor presidente, isto não é democracia , votei neste executivo, pensei que iam mudar as coisas do antigamente, mas reparo do que leio que estou muito arrependido de lhe ter dado o meu voto.
    (EX-VOTANTE—que nunca votou—ARREPENDIDO, PARA INFLUENCIAR OS VOTANTES A SÉRIO)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 11:07
    Por favor senhor presidente mude de atitudes, não está num café. Andei eu a falar bem de si e a lutar pela sua eleição e agora é só figuras tristes. O marques é que era o arruaceiro e o mau. Já começo a dizer para os meus amigos: ainda faltam três anos porque me sinto envergonhado e muito que até evito sair de casa, para não ser gozado por as pessoas que eu convenci.E por outro lado envergonhado de ser do concelho de Nelas por estas noticas do presidente da câmara…
    (VITIMIZAÇÃO )

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 12:20
    Eu admito que o marques fosse arruaceiro.
    Uma coisa é certa, ele mudou muito, aquilo que eu já assisti, às provocações que lhe fazem, como ele diz, o homem anda mesmo a "tomar as gotas"
    Mas se ele quer ser candidato em 2017, ele tem mesmo que mudar, ao contrario do Senhor Presidente da Câmara, que não mudou em nada, bem pelo contrário.
    Será certamente por tudo isto, que o Dr. Adelino Amaral se está a afastar paulatinamente?
    (TRIPLETE. ATAQUE AO PRESIDENTE. DEFESA DO VEREADOR E DIVISÃO DO PS)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 12:32
    Volta Bin Laden está perdoado!
    (BEATIFICAÇÃO DO VEREADOR)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 12:38
    Qual Bin Laden? o de Vila Ruiva, já muita gente a pedir o seu regresso, mesmo aqueles que o atraiçoaram pelas costas.
    Ele tinha mesmo bom coração.
    (A SANTIFICAÇÃO DO VEREADOR LEVADA AO INFINITO)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 13:02
    BS, tem muito que explicar ao que fez ao engenheiro de Santar, salvo erro Sérgio que fazia parte das listas para a câmara municipal, um homem integro e que lhe deu muitos votos e foi desprezado pelo atual presidente.
    (DIVIDIR APOIANTES E DESVIAR POTENCIAIS VOTANTES)

    1.Anonymous26 de Setembro de 2014 às 15:26
    ELE DESPREZA QUEM MAIS O AJUDOU. E QUE DEU A CARA POR ELE. temos pena mais vale o Marques ao poder do que ele
    Responder
    (TRI-BEATIFICAÇÃO DO VEREADOR)

    • muito bem observado, faz parte da estratégia de desgaste da cmn, o problema para este "atirador" furtivo é que só vale um voto. o dele, faz muitos comentários para fazer crer que há muita gente descontente. é até uma estratégia a cair pró provinciano

    • Fantástico meu caro. Faz um "brilhante", trabalhoso e demorado raciocínio a desmontar comentários menos abonatórios para o executivo e cola-os TODOS a uma só pessoa com intenções políticas e assunto arrumado: honra do executivo reposta. Ficamos todos elucidados que é só um comentador, de má-fé, que não gosta do executivo. De seguida comenta o seu próprio comentário. Clap, clap. E pronto, o seu trabalho está feito, e o povo fica outra vez todo sereno porque de facto não se passou nada e os figos eram somente um acto de bonomia por parte do presidente. Acha mesmo que TODOS caem nessa teoria?

  25. e o senhor comentador muito aflito a justificar, também em causa própria

    • Não gostou que descobrissem a careca?

    • A prova provada que existe um comentador profissional pró Sr Vereador
      (ver comentários que se seguem)

      1º comentário feito às 12h32
      volta bin laden….

      2º comentário passados 6 minutos (e sem o primeiro ter saído?)
      Qual bin laden?…

      comentário resposta ao 1º
      ou seja resposta a si próprio

      Vejam bem

      "Anonymous26 de Setembro de 2014 às 12:32
      Volta Bin Laden está perdoado!"

      ResponderEliminar
      Anonymous26 de Setembro de 2014 às 12:38
      Qual Bin Laden? o de Vila Ruiva, já muita gente a pedir o seu regresso, mesmo aqueles que o atraiçoaram pelas costas.
      Ele tinha mesmo bom coração.

      FANTÁSTICO
      PERGUNTAM E RESPONDEM , só para passarem uma mensagem;
      “volta…estás perdoado”
      “tinha bom coração”

  26. Senhor Anónimo das 01:05,
    O seu comentário mostra que o "crítico" está ao mesmo nível do "criticado".
    Diz o roto para o nu………."

  27. Ao ilustre comentador das 01:05.
    Já não consegue iludir ninguem!
    Tem a espinha do vereador espetada na garganta!

  28. Um comentador tem-se desdobrado em argumentária para menorizar, amenizar e branquear um comportamento inqualificável de uma figura pública como o presidente da Câmara.
    Parece-me que tem parcialmente razão. Há não 1 mas 2 "Comentadores Militantes": o que identifica, e muito bem, e… VOSSA EXCELÊNCIA.
    Sempre o mesmo, com a mesma lógica e o mesmo objetivo – "malhar" em quem questione ou critique o poder executivo atual. E já toda agente também "detectou este filme". O seu papel, de defender acerrimamente o executivo, criticando quem faz reparos ao executivo, também o caracteriza. É uma espécie de censor da censura, de branqueador de serviço, de bloguista atento pró-regime. Os regimes estalinistas também tinham o mesmo expediente.
    O facto de Manuel Marques ser o que toda a gente sabe e ter atitudes condenáveis, não invalida que os munícipes censurem alguns dos comportamentos de Borges da Silva. Ou para si tudo é justificável com a relativização? O Borges da Silva ultrapassou os limites? Sim, mas o “menino Manuel é pior”? É essa a tese que pretendem vender para justificar o injustificável?
    Se Borges da Silva, ou outro munícipe qualquer, tiver atitudes menos próprias, pois condene-se. Ou não? Não lhe parece óbvio, justo e coerente? Ou o que se pretende é somente branquear fazendo a comparação com uma pessoa que teve comportamentos por todos conhecidos porque é mais fácil e relativiza melhor a "coisa"? Não é censurável a piadola sem gosto, de baixo nível, própria de uma esplanada de café, para uma reunião magna da câmara? Ou numa reunião de câmara já vale tudo porque não há paciência com os vereadores da oposição? O que este executivo criticava, e bem, sobre a arrogância, desrespeito e sobranceria do anterior, está a seguir o mesmo trilho: “asnos”, “jumentos”, “burros”, “figos caralhetos”, “deixar uma moeda para ir tomar um café” (em entrevista pública de jornal), pode pegar nos aficionados que pululam à volta e que gostam deste tipo de fazer política, mas há muitos munícipes, sem tomar partidos, que acham particularmente deplorável, e que em nada honra o exercício da actividade política do concelho, tais atitudes. Sejam elas de Manuel Marques, Borges da Silva, ou quem quer que seja.
    NELAS XXI

    • Tem toda a razão caro comentador.Quando se verificam atitudes indignas, as mesmas devem ser condenadas, tenham elas as origens que tiverem.
      Pensem nisso.

  29. Parabens NELAS XXI, pelo seu comentário! Dou-a a quem doer!

  30. Parabens pela sua intervençao NELAS XXI.

  31. Parabéns NELAS XXI pela sua imparcialidade e pelo seu apartidarismo.

  32. O inquilino da casa amarela deve pedir desculpa a todos os munícipes era um ato de diginidade, , não acha caro jornalista?

    • Copiado da net"

      A sonsice de Pedro Passos Coelho

      João Miguel Tavares Público, 25/09/2014

      Não há qualquer vontade de apurar “a verdade” ou desejo de esclarecer a pátria no pedido do primeiro-ministro para a Procuradoria-Geral da República investigar o caso Tecnoforma. O Ministério Público tem mais que fazer e Passos Coelho sabe muito bem o que fez. Pode ter sido há 15, 20 ou 30 anos: ninguém se esquece de um ordenado que duplica o rendimento mensal. Simplesmente, Passos não quer, nem pode, admiti-lo – para ser coerente com o moralismo que apregoa, teria de se demitir no minuto seguinte. Donde, o chuto para a Procuradoria é apenas um expediente espertalhão com o objectivo de adiar a admissão do óbvio: o primeiro-ministro fez asneira. E da grossa.

      Isto é simultaneamente ridículo e sintomático. Ridículo, porque os valores que estão em causa não justificariam a queda de um primeiro-ministro. Sintomático, porque o problema da Tecnoforma está longe de ser o dinheiro que pagava a Passos Coelho – a empresa é um retrato perfeito de como se desviam fundos europeus para actividades que podem até nem ser ilegais, mas que são inconcebíveis e imorais. Convém recordar aos mais esquecidos que a Tecnoforma era essa extraordinária empresa, impulsionada pelo romântico par Passos-Miguel Relvas, que se propunha, em troca de 1,2 milhões de euros, dar formação a 1063 pobres almas com um objectivo que parece saído do argumento de uma série cómica britânica: ensinar os mais de mil formandos a operar em nove aeródromos da Região Centro, dos quais só três estavam activos e empregavam, no total, cerca de 10 trabalhadores.

      Foi assim que, durante anos e anos, foram estoiradas dezenas de milhões de euros de fundos comunitários que deveriam contribuir para o desenvolvimento do país. E claro: quem frequentava os corredores da Assembleia da República era um veículo privilegiado para canalizar os fundos para terrenos favoráveis. O Manuel sabia de um concurso para a formação de medidores de perímetros de beringelas e dizia ao Joaquim; o Joaquim sabia de um concurso para a formação de analistas em brilho de superfícies inox em restaurantes e dizia ao Asdrúbal; o Asdrúbal sabia de um concurso para formar os formadores disto tudo e dizia ao Manuel. A única variável neste processo era mesmo a dimensão da lata e a vocação dos senhores deputados e secretários de Estado para gerir negócios. Havia alguns, como Miguel Relvas, que tinham muita lata e muita vocação. Havia outros, como Passos Coelho, que provavelmente seriam um pouco mais modestos – mas que, ainda assim, aproveitavam uma migalha aqui e outra acolá, porque a vida é longa e o ordenado de deputado curto.

      Só que, ao contrário de Relvas, que tem um sorriso do tamanho da sua lista telefónica e se assume como “facilitador de negócios”, Pedro Passos Coelho sempre se apoiou numa imagem de extrema modéstia e parcimónia. Ele é o homem de Massamá. Ele é o homem que passa férias em Manta Rota. Ele é o homem que pôs os ministros a viajar em turística. E esse homem, claro está, não pode conviver com uma acusação de cinco mil euros a caírem-lhe no bolso todos os meses sem que ele se recorde disso, ao mesmo tempo que invoca o estatuto de deputado em exclusividade para sacar 60 mil euros de subsídio de reintegração. É possível que Passos Coelho apenas tenha feito aquilo que todos fizeram durante os festivos anos 90. Só que aquilo que ele fez em 1999 não é aceitável em 2014. E ainda bem. A sonsice vai aguentá-lo – mas a sua reputação de governante impoluto morreu.

    • Luvas de 40 milhões em negócios militares
      Depois de a compra dos submarinos ter dado origem a comissões duvidosas de 30 milhões de euros, os blindados estão agora sob suspeita do pagamento de luvas de 10 milhões.

  33. Para reconhecer o erro é preciso ter um grande carater e grande dignidade.

  34. Pedaços de carta vista na net

    “Jamais pensei que um dia lhe endereçaria uma carta de agradecimento pelo seu trabalho enquanto primeiro-ministro deste jardim plantado junto ao mar. Por uma questão de justiça não posso nem devo adiar mais esta carta e o público agradecimento
    Em 2011 Portugal tinha uma insustentável divida pública de 98% do PIB, graças à sua visão, competência e mão firme estamos a terminar 2014 com uma perfeitamente aceitável, sustentável e legitima divida na casa dos 135% do PIB. Isto é bom não é? Quanto maior o número melhor!
    Em conclusão caro Dr. obrigado por ao longo destes três anos nos ter conduzido a um País em franco crescimento.
    Temos mais divida, temos mais despesa, temos mais desemprego, temos mais emigrantes, temos mais impostos, temos mais fome. Sinais francamente positivos.
    Mas é bom!
    Obrigado “

  35. Alguém me sabe explicar, porque é que as actas das reuniões camarárias demoram tanto tempo a ser publicadas no "site" da Câmara?
    Com os meios informáticos existentes actualmente, não se percebe porque é que as mesmas não são aprovadas no fim da reunião e publicadas imediatamente no "site" da Câmara!
    Essas reuniões não são pagas?

  36. Masturbação coletiva de pro socráticos. Vão trabalhar e paguem impostos para ajudar a pagar a falência do país. Os vossos filhos terão orgulho nesse belo ato do trabalho. ….e deixem de sonhar com vidas fáceis alimentadas nas tetas das câmaras e do orçamento de estado.

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies