Estimativa aponta para uma redução de 25% da produção no Dão

    A produção de vinho em Portugal deverá diminuir este ano 5,7 por cento face à campanha passada, para cerca de 5,9 milhões de hectolitros. A causa está na redução da quantidade na maioria das regiões, referiu hoje o Instituto da Vinha e do Vinho (IVV). A quebra mais acentuada deverá acontecer na região do Dão, com menos 25 por cento do que na colheita de 2013.
   O IVV, explica, que na maioria das regiões onde se perspectiva uma quebra de produção, as vinhas foram “afectadas por vários agentes, destacando-se o míldio e o oídio, que se desenvolveram devido a condições climáticas adversas”. De referir, como já demos conta, que se registou em muitas vinhas o desavinho, o que também prejudicou a produção no Dão.

2 comentários a "Estimativa aponta para uma redução de 25% da produção no Dão"

  1. E o arranque de videiras

  2. O vinho,queijo, o azeite e a produção de cereais e batata eram necessariamente os meios de produção agricola que sustentavam também a economia local.
    Quem não se recorda da entrega das uvas, por exemplo na nossa adega cooperativa?
    Onde os pequenos produtores vitivinicolas entregam as suas uvas.
    Hoje, cada dia que passa esses pequenos e médios produtores optaram pelo abandono da vinha e no nosso concelho são cada vez mais.
    Politicamente é oportuno perguntar:
    De que valeram os gastos com as vinte e duas feiras do vinho?
    Para sustentar as grandes engarrafadores e esses comprarem as uvas ou vinho a esses pequenos e médios produtores?
    Necessariamente também não, na obstante se saber que as uvas produzidas que esses mesmos grandes engarrafadores, lhe ficarem à produção mais caras do que as compradas aos que de uma forma alegre trabalham a terra.
    Ao fim de 22 anos é legitimo perguntar: os milhões de euros que foram gastos nas promoções pessoais das feiras do vinho, não seriam melhor empregues na ajuda à produção desses mesmos agricultores, ou na manutenção da nosssa adega cooperativa, que serviria de escoamento do produto vinho?

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies