O Comboio da Memória

 No passado dia 27 de
junho, uma embaixada do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal,
representante da equipa de trabalho do projeto “Dever de Memória – Jovens pelos
Direitos Humanos”, desenvolvido este ano letivo, participou numa visita a Auschwitz-Birkenau,
campos de concentração nazis, na Polónia, associando-se à iniciativa do
Agrupamento de Escolas de Pombal, o qual também desenvolveu a temática do
holocausto ao longo do ano. Em Cracóvia, podemos visitar o Bairro Judeu, onde
foram gravadas algumas cenas do filme A
Lista de Shindler
e a Fábrica deste alemão que salvou cerca de mil e
duzentos judeus, ao recrutá-los para trabalhar.
 Numa viagem de comboio durante oito dias, o
grupo visitou, ainda no âmbito da temática, pois era uma missão, o Memorial de
La Shoah, em Paris, a fim de entregar uma ardósia da Casa do Passal com o nome
do projeto, numa simbólica homenagem a Aristides de Sousa Mendes, tendo-nos
sido entregue, pelo Centro de Documentação, o respetivo certificado.
Simultaneamente, foram depositados desdobráveis informativos sobre este nosso humanista,
neste local de memória dos horrores do holocausto, mas também de evocação dos “justos
entre as nações”.
Uma passagem por Berlim
permitiu a visita aos restos do seu Muro, tendo a oportunidade de ver a
exposição sobre a divisão da cidade e do mundo no contexto do bipolarismo do pós
2ª guerra mundial, sua construção e queda (em 1989) e posterior reunificação da
Alemanha.
Uma viagem memorável –
é o balanço da iniciativa – especialmente pela visita in loco aos locais associados a milhares de mortos às mãos do
regime nazi, mas também pelo saudável espírito e clima vivido pelos participantes,
alunos e professores. Esta é uma viagem que ficará, seguramente, para sempre
gravada na nossa memória.  
 Dores do Carmo Fernandes

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies