Junta de Canas considera que a manifestação em defesa das escolas “envergonhou Canas”

– Os autarcas Canenses lançam ainda duras críticas ao presidente da Câmara, Borges da Silva, afirmando que “vergonhosamente deixou aguzidar ao extremo o caso da EB1de Carvalhal Redondo”

 Junta de Freguesia de Canas de Senhorim

Ex.º Sr.
    Presidente da Câmara Municipal de Nelas
        Depois da reunião entre a Câmara Municipal de Nelas representada por V.ª Ex.ª, as Juntas de Freguesia de Canas de Senhorim, Carvalhal Aguieira e Lapa do Lobo, onde foram decididos, entre outros assuntos, a passagem da Escola EB1 de Carvalhal Redondo (pertencente à rede do Agrupamento de Nelas) para a rede do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim – situação aceite e votada unanimemente pelos legais representantes das Juntas de Freguesia – incluindo também a vontade inequívoca do Sr. Presidente da União de Freguesias de Carvalhal e Aguieira.
    Devido à reorganização da rede escolar (que a todos apanhou de surpresa) – a escola EB1 da Aguieira encerra e os alunos passam a integrar a EB1 de Carvalhal Redondo que, por pertencer ao Agrupamento de Nelas, coloca definitivamente o início de um ponto final no Agrupamento de Canas de Senhorim, já com baixos índices de número de alunos para a prossecução dos seus objetivos que serão também o de todos nós.
    É com grande admiração que assistimos a situações que em nada dignificam a saúde da educação Concelhia, só com o propósito de acabar de vez com o Agrupamento de Canas. Contrariamente a tudo isto, temos ouvido de V.ª Ex.ª, tal como todos nós, manifesta-se perfeitamente a favor da sua continuidade.
    Claro que todos nós compreendemos que ao manter-se esta situação, perde-se a única janela de oportunidade que a própria Sr.ª Delegada Regional lhe transmitiu ao dizer-lhe que bastaria um parecer da Câmara Municipal que V.ª Ex.ª superiormente dirige a dizer – Esta Câmara não vê qualquer inconveniente em que a Escola EB1 de Carvalhal Redondo integre a rede de Canas de Senhorim –, e toda esta situação seria ultrapassada.
  Por se tratar de um assunto de extremo interesse para a continuidade do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim, a Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, reunida a 7 de Julho de 2014, decidiu, por unanimidade, solicitar a V.ª Ex.ª se digne, com caráter de extrema urgência, marcar ou integrar o seguinte ponto na ordem de trabalhos na reunião de Câmara Municipal:
    “A Câmara Municipal de Nelas não vê qualquer inconveniente em que Escola EB1 de Carvalhal Redondo, devido às circunstâncias de reorganização de rede escolar, (regresse) ou passe a integrar a rede escolar do Agrupamento de Canas de Senhorim”.
    Melhores cumprimentos
Canas de Senhorim, 8 de Julho de 2014
O Presidente da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim
______________________________________________
(Mário Alberto Gomes Pires)

17 comentários em “Junta de Canas considera que a manifestação em defesa das escolas “envergonhou Canas””

  1. que trapalhada, esclarecam-se as populações na totalidade – centro escolar incluido que o senhor ex-presidente da junta não quis e não deixou construir, só lhe resta demitir-se e dizer a verdade às populações.

  2. Se Canas tem poucos alunos para manter o agrupamento paciência!! não tem nada é que levar as outras freguesias de arrasto para eles ficarem bem na fotografia, o Sr. Presidente da junta de Canas de Senhorim tem é que incentivar a sua freguesia a fazer mais crianças.

  3. Tenha vergonha Srº Pires não me diga que também queria um centro escolar em Canas de Senhorim para "meia dúzia" de alunos, caia na realidade, a situaçao económica do pais não está para brincadeiras. E a rivalidade continua…..

    1. (não tenho nada a ver com o sr Pires) v. Exa diz que o centro escolar era para meia duzia de alunos? refere-se a Carvalhal concerteza, porque nas EB1 de Canas V. Exa. tem que multiplicar a sua estimativa por 10, só nas Eb1 e depois acrescente o jardim de infâncai—– quanto à sua ida para nelas, á vontade, não são, agora sim meia duzia de aliunos que fazem a diferença a Canas – Liberdade é uma palavra a que os Canenses se habituaram e mais, reconhecem-na aos outros.

  4. O presidente da Junta de Carvalhal não manda nas nossas crianças! Nem ele nem o Sr. Borges. Mas quem são eles para decidir a vontade de um povo? 90% dos país querem que os seus filhos continuem no agrupamento de Nelas, por isso respeitem a nossa vontade.
    Nos tempos que correm, com cada vez menos crianças, e num concelho tão pequeno, na minha opinião 2 agrupamentos são demais. Em vez de andarem com tanta história, já pensaram que se calhar o melhor é apenas ficar 1 agrupamento para todo o concelho?

  5. Miguel Cadilhe diz o seguinte sobre os Pensionistas:
    Porque é que as televisões nada dizem sobre isto?
    Têm medo dos seus 'patrões'?
    Recebem 'ordens específicas' para nada dizerem que contrarie a 'versão
    oficial' do Governo?
    Então, onde estão a 'ética jornalística e a liberdade de imprensa' que
    tanto dizem defender?
    Há uma “injustiça de bradar aos céus” para com os pensionistas – disse Cadilhe
    O antigo ministro das Finanças Miguel Cadilhe afirmou, terça-feira,
    que está a ser cometida uma “injustiça de bradar aos céus” sobre os
    pensionistas portugueses, que têm um direito equiparado a um título de
    dívida sobre o Estado.
    “Quanto aos pensionistas, atenção, há aí uma injustiça de bradar aos
    céus. Porque os pensionistas que estão no regime contributivo, isto é,
    que passaram a sua vida ativa a contribuir, têm um verdadeiro direito
    sobre a República, são titulares de uma espécie de divida pública da
    República”
    – disse Miguel Cadilhe durante um debate com o conselheiro de Estado
    Vítor Bento, no Palácio da Bolsa, no Porto.
    O antigo ministro das Finanças do atual Presidente da República,
    Aníbal Cavaco Silva (PSD), questionou como pode o Estado cumprir “toda
    a dívida pública perante os credores externos e internos, mas perante
    os pensionistas não cumprir essa outra espécie de dívida pública que
    advém de eles terem contribuído toda a vida”.
    “Contribuíram não para pagar despesas públicas, mas para assegurar a
    sua previdência”, disse Miguel Cadilhe, elogiando o fator de
    sustentabilidade introduzido pelo antigo ministro do PS Vieira da
    Silva.
    (Lembrem-se que, há largas dezenas de anos, alguém pretendeu
    influenciar os funcionários públicos a optarem por descontar parte
    para uma espécie de seguro/reforma… Mas as pessoas não aderiam,
    sobretudo por admitirem (logicamente) que o Estado é que era a
    "Entidade/Seguradora de maior garantia (e honestidade) que poderia
    haver.
    … Quem haveria de dizer que viria a verificar-se o contrário?!…
    Será que, no Governo, estará alguém da família dos que tiveram aquela
    ideia incentivadora e que agora (através da infléncia desse parente)
    pretenderão demonstrar que o Estado era a pior das opções?!!!…MF)
    .É de facto uma pouca vergonha.

  6. O sábio Povo de Canas de Senhorim, há muito ja deveria ter postergado o Sr. Minhoto, que só mancha a nossa terra e tem vivido à custa dela.

  7. FALAR VERDADE
    Quem acabou com a Freguesia da Aguieira?———————————-Foi o GOVERNO PSD/CDS
    Quem juntou a Aguieira à Freguesia de Carvalhal Redondo?————-Foi o GOVERNO PSD/CDS
    Quem fechou a escola primária da Aguieira?———————————–Foi o GOVERNO PSD/CDS
    Quem com estas decisões práticamente arruinou/arruina
    o Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim?————————Foi/é o GOVERNO PSD/CDS

    A actual gerência da Câmara NADA tem a ver com estas decisões
    tomadas pelo GOVERNO PSD/CDS, O MESMO, (mesmíssimo) GOVERNO da JUNTA DE CANAS
    ~
    RESUMINDO:
    O ACTUAL cenário que Canas vive tem um único responsável
    O GOVERNO DO PSD/CDS, O MESMO GOVERNO DA JUNTA DE CANAS

    Mas eis senão quando se tenta um golpe de magia que é tentar passar
    para a actual liderança da CMN a responsabilidade pela inversão da situação, criada
    pelos partidos da Junta e governo PSD/CDS…no fundo no fundo
    pretendendo colocar um povo contra uma câmara (esta Câmara, porque contra a anterior
    nada vezes nada)

    Se a Câmara pretender cumprir as ordens dimanadas pelo governo
    apenas terá que dizer: CUMPRA-SE A LEI, (e se cumprir a lei estará comportando-se
    como deve ser. Cumprindo a lei, como todos os organismos do Estado devem fazer)

    Seja qual for a decisão que a Câmara tome
    uma coisa para já é certa: Os mais altos representantes da CMN estiveram
    junto com os manifestantes, no terreno, lutando contra as decisões deste Governo
    PSD/CDS, o governo da Junta.
    E a junta esteve no terreno? lutando contra o seu Governo ???????????????

    Não esteve, mas se for preciso estará numa manife contra a CMN
    (dentro da velha tradição de que só protestam contra a CMN
    quando lá está o PS)

    A junta de Canas está numa situação dificil. Compreende-se que ninguem
    gostaria de estar no lugar deles
    -pelo que se diz por aí não lutaram por um centro escolar
    -agora verificam que o seu Governo lhes espatifa o Agrupamento de Escolas
    -e ainda que apesar de um governo, um presidente e uma maioria, o seu/deles
    GOVERNO nunca os colocou como Concelho

    NOTA: o Povo esclarecido já viu e reviu este filme
    O governo PSD/cds, tem prejudicado Canas
    (mas manifes contra, vamos ali já voltamos)

    Tudo o resto é música de violino

  8. Não faltará muito tempo para os Carvalhenses fazerem guerra para pertencer a Canas de Senhorim, é só deixar passar mais uns aninhos e quando tiverem a casa arder, veremos. Não tarda para tirarem as crianças de Carvalhal para Nelas, depois quero ver os defensores de Nelas a meter a cabeça na areia.

  9. Tanta confusão para quê? Como alguém disse em cima, qual a razão afinal para haver 2 agrupamentos de escolas neste tão pequeno concelho? Se uma escola com menos de 20 ou 21 alunos é obrigada a ser encerrada, porque não encerram também os agrupamentos que existem a mais?

  10. O que é que os senhores andam a discutir? Uma escola 5 km à esquerda ou à direita. Um serviço de Finanças a mais ou a menos? Enquanto isso, o interior perde continuamente população para o litoral. Que é que os Srs. autarcas e populações estão à espera para exigir zonas económicas especiais para o interior com carga fiscal de 50% menos que no litoral? Andam à espera que isto se desertifique e só fique escola e finanças…uma em Canas e outra em Nelas…cérebros pequeninos.

  11. JÁ SE DESCUTE QUE A SEGUIR Á FORMAÇÃO DO MEGA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CONCELHO DE NELAS, COM SEDE NA ESCOLA SECUNDÁRIA DE NELAS, SE FAÇA TAMBÉM O AGRUPAMENTO DOS BOMBEIROS, QUE VÃO TER SEDE EM NELAS. CANAS SEM SERVIÇOS DE ESPÉCIE ALGUMA. COMENTEM?

  12. EM 100 ALUNOS DE CARVALHAL REDONDO 90 ESTUDARAM EM CANAS DE SENHORIM
    NÃO VEJO QUAL O MOTIVO DE PERTENCEREM AO AGRUPAMENTO DE CANAS DE SENHORIM

Os comentários estão encerrados.