Carregal – Terminou a exposição “Um Olhar sobre as Origens…”

De 19 de maio a 8 de junho o Concelho mostrou-se e fez-se
representar num projeto do Instituto Português do Desporto e Juventude e do
restaurante McDonald’s Drive de Viseu em colaboração com os municípios.

Durante esse período, os visitantes puderam apreciar uma
mostra diversificada alusiva a produtos concelhios, em que se incluíram os
vinhos e a Ginja Victor, Arte Sacra, património, associativismo, tradições e
cultura tais como o Carnaval de Cabanas de Viriato. “Um Olhar Sobre as Origens”
foi complementada com uma exposição de 16 fotografias que retrataram parte do
património histórico/cultural concelhio, no Restaurante McDonald’s Drive de
Viseu.
Mas o projeto incluiu também animação aos domingos, no
McDonald’s. Por isso, a Autarquia convidou representatividades diferentes e
diversificadas em termos musicais que nos dias 25 de maio, 1 e 8 de junho
atuaram naquele espaço.

No primeiro domingo, “Sonhos Rotos” – grupo de covers de
Carregal do Sal constituído por 5 jovens – fez vibrar o público numa
participação que primou pela energia, boa disposição e boa qualidade vocal e
musical.
No dia 1 de junho, foi o Grupo de Cantares e Cavaquinhos da
Associação Cultural e Infantil Cravos e Rosas de Vila Meã que assegurou a
animação dando provas de que a música tradicional portuguesa não se perdeu no
tempo…
Antes do encerramento das “Origens” de Carregal do Sal, a
Autarquia ainda proporcionou uma visita às exposições patentes no IPDJ e no
Restaurante, aos alunos dos cursos CEF de Fotografia, Pastelaria/panificação e
Restauração/Bar. Os alunos foram transportados até à cidade de Viseu e ali foi-lhes
permitido fazer uma viagem no Funicular, seguindo-se uma visita ao Museu Grão
Vasco, ao Centro de Coordenação Cultural de Viseu e ao Teatro Viriato.

O encerramento da participação concelhia no projeto “Um
Olhar sobre as Origens…” foi no dia 8 de junho com a atuação do mais recente
grupo da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato. Constituído
essencialmente por jovens e pelo Maestro da Banda Filarmónica, os Viriatu’s –
Orquestra Ligeira – tocaram, surpreenderam e encantaram com um reportório que
incluiu meddleys e interpretações, na sua maioria, de músicas referência
cantadas por Amália, Xutos & Pontapés, Rui Veloso e muitos outros.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies