Arrancaram as obras de recuperação (fase 1) da Casa do Passal

 Quem, a partir de hoje, passar por Cabanas de Viriato, vai
deparar-se com movimentações menos vulgares.
Tudo porque já está a ser montado o estaleiro que servirá de
suporte para a realização das obras de consolidação da ex-residência do Cônsul
de Bordéus, Aristides de Sousa Mendes.
A partir de agora, a Casa, classificada como monumento
nacional, vai ser intervencionada ao nível da cobertura, reforço e
estabilização estrutural. As obras incluem a recuperação da cobertura e das
janelas da cobertura e toda a parte estrutural de pilares que sustentam a casa.
Na parte exterior será feita a picagem das paredes, a pintura, e de acordo com
Celeste Amaro, diretora regional de Cultura do Centro, “possivelmente, se ainda
houver dinheiro, iremos ao resto das janelas, porque interessa-nos fechar a
casa».
De acordo com esta responsável, as obras foram adjudicadas
por aproximadamente 271 mil euros, e deverão estar concluídas “em dezembro ou,
o mais tardar, princípio de janeiro.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies