José Junqueiro chama em Nelas “casa dos enganos” a conselho de ministros

O dirigente socialista José Junqueiro afirma que 25
de maio será o dia da libertação da maioria de direita e comparou o Conselho de
Ministros extraordinário de sábado a uma novela chamada «Casa dos enganos».

José Junqueiro, candidato em
13.º lugar na lista europeia socialista, falava, ontem, numa sessão pública da
campanha do PS em Nelas, antes da intervenção do cabeça de lista Francisco
Assis.

«Aqueles
que não puderam assistir às cerimónias dos 40 anos do 25 de Abril têm agora uma
nova oportunidade de o celebrar no dia 25 de maio. Dia 25 de maio será o dia da
libertação da maioria de direita na União Europeia e em Portugal», sustentou
José Junqueiro.

Depois, o vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS
criticou a convocação pelo Governo de um Conselho de Ministros extraordinário
para o próximo sábado.

«No dia 17 há um Conselho de Ministros
extraordinário, que coincide com a Convenção Novo Rumo do PS. É mais uma das
sucessivas gravações feitas pelo Governo para telenovelas. Dia 17 é mais um
número de uma conhecida novela portuguesa, a “Casa dos enganos”»,
comentou José Junqueiro.

Já o cabeça de lista socialista às europeias,
Francisco Assis, tomou como exemplo o que se passou em Nelas nas últimas
eleições autárquicas – o PS conquistou a Câmara ao PSD -, para sustentar que
também em Portugal «é possível uma mudança com responsabilidade».

«A coligação PSD/CDS é uma
aliança de medo, porque até há pouco tempo esses dois partidos tinham grandes
divergências sobre a Europa. PSD e CDS juntaram-se agora perante a perspetiva
de uma vitória eleitoral do PS», sustou Francisco Assis.

As primeiras intervenções da
sessão foram proferidas pelo líder da Federação de Viseu do PS, João Azevedo, e
pelo presidente da Câmara de Nelas, Borges da Silva.

Antes de Nelas, Francisco Assis
visitou as termas de São Pedro do Sul, que na década de 90 chegaram a ter uma
procura anual de 25 mil pessoas, mas que agora é de apenas 15 mil.

Para justificar este
decréscimo, foram apontados vários fatores, desde o fim do programa de turismo
sénior do INATEL, ou o fim das comparticipações para tratamentos por parte do
Serviço Nacional de Saúde ou a ADSE.

Francisco Assis salientou a importância das estruturas
termais para o desenvolvimento do turismo em localidades do interior do país e
prometeu que, enquanto eurodeputado, se baterá pela «internacionalização» do
termalismo.

Um jornalista perguntou a Assis se pensa ir para
umas termas no final da campanha eleitoral, o cabeça de lista socialista
colocou de parte essa ideia: «Não vejo necessidade disso», declarou.

Lusa

3 comentários a "José Junqueiro chama em Nelas “casa dos enganos” a conselho de ministros"

  1. Este senhor Junqueiro não tem emenda mesmo. Tantos anos no poder e ZERO para a nossa região. Agora fala de alto porque está na oposição, quando o PS chegar de novo ao poder vai assobiar para o ar, e os que agora assobiam vão reclamar com o governo do PS porque que nada faz. NÃO TEMOS SORTE NENHUMA. São uns e outros farinha do mesmo saco. E não têm nenhuma vergonha na cara.
    Quem ouvir agora o PS falar parece que este partido não teve nada a ver com a situação que vivemos agora. São uns anjinhos quiduchos. O Sócrates disse há dias que ele até não teve nada a ver com a vinda da Troika. Enfim. Lat em excesso para a memória reduzida. Estes que lá estão agora são ultra-liberais e esfolam os mais fracos, os anteriores e futuros gastam à tripa-forra, gerem mal e têm memória curta e lata longa. Quanto ao dr. Assis, é só mais um eurodeputado que quando lá esteve era dos que mais faltava e menos produzia (em intervenções, relatórios e afins). Bem escolhido, sem dúvida. Náo que ele não seja bom tribuno e político, que o é, agora ser o escolhido para cabeça de lista às europeias quando foi um dos mais faltosos quando lá passou… Já agora dr. Assis, o concelho de Nelas também tem Termas. Esquecimento ou falha de informação?
    Nelas XXI.

  2. O Dr. Junqueiro, político profissional, que nunca ganhou nenhuma eleição a que concorreu, devia ter vergonha pois ele era um dos amigos e colaborador do Eng. Técnico Sócrates que levaram o Portugal à bancarrota.
    Quanto ao Dr Assis é uma picareta-falante que já foi deputado Europeu e faltava que se fartava!
    Como é seu timbre, os socialistas prometem tudo com o dinheiro dos outros!
    A propósito, quando é que o Dr. Borges da Silva honra as dividas aos fornecedores, contraídas pela Câmara anterior? Não é actual Câmara uma pessoa de bem?

    • Vª Exª é useiro e vezeiro em malhar no Sócrates como se o Sócrates fosse o pai de todos os males de Portugal. Não é por repetir isso milhões de vezes que vai convencer seja quem for. Quando Sócrates saiu a divida de Portugal era de 90% do PIB e agora é de mais de 130%.(mas atenção com os portugueses na miséria)

      Todos os indicadores estão piores do que no tempo do Sócrates. SÃO FACTOS

      Vª Exª deve conhecer mal a história de Portugal desde o 25 de Abril. Se fosse suficientemente sabedor e conhecedor da realidade politica portuguesa deixava de se focar unicamente no sócrates.

      Bom até parece que tem fixação por ele.

      Bom seria que como habitante do Concelho recordasse quem foi e em que governo acabaram com uma empresa do nosso concelho que tinha mais de 1000 trabalhadores. Isso sim é que levou à bancarrota as familias deste concelho

      Recordar é viver. Largue o Sócrates, porque isso já começa a ser fixação a mais

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies