Conselho Municipal de Juventude constituído em Nelas, com atribuição de sede pela Câmara Municipal

 Foi constituído dia 6 de Maio 2014, o “Conselho Municipal da Juventude”, com objetivo de instituir a nivel concelhio um instrumento de diálogo e debate sobre os problemas da juventude, de forma a aprofundar e ampliar o seu conhecimento e resolução. Fazem parte deste órgão consultivo da autarquia, o Presidente da Câmara, representantes dos diversos partidos políticos e representantes de associações culturais e juvenis sediadas no concelho. 

Nesta reunião foi aprovada a proposta de regulamento do Conselho Municipal de Juventude, espaço privilegiado para a juventude do concelho, que ganha assim voz ativa na sociedade concelhia. Foi ainda atribuído pela Câmara Municipal um espaço próprio situado no edifício multiusos de Nelas.

Fica desta forma regularizada uma situação em que o Municipio de Nelas estava em falta desde 2009. Mais um passo para dotar as nossas comunidades da voz juvenil que importa na construção do futuro do Concelho de Nelas.

6 comentários a "Conselho Municipal de Juventude constituído em Nelas, com atribuição de sede pela Câmara Municipal"

  1. Anónimo | 9 Maio, 2014 às 22:28 |

    quantos jovens fazem parte deste conselho? 2, 3 ???? entre 15
    que conselho é este?

    • Já toda a gente viu que está de serviço para fazer comentários
      contra a actual liderança da Câmara. Vai-se a ver e é sempre o
      mesmo que ""ataca"".

      Calma porque as eleições estão longe

    • está enganado, não estou de serviço porque os serviços ligados aos dinheiros públicos são pagos e eu não recebo e quanto a eleições não me vê nesses aproveitamentos.
      Era bom que os jovens vos topassem quando pedem o contributo deles gratuito para garantir o vosso poleiro financiado;

      deixem os jovens (e não só previamente escolhidos por vós) constituirem livremente o grupo, deixem-nos reunir sem a vossa presença intimidadora e retentora, deixem-nos elaborar propostas livremente e depois analisem essas propostas e deêm-lhes respostas.

      obs: um não concorrente (eleições) nem apoiante da anterior câmara, como parece a sua preocupação.

  2. É estranho as Associações de Pais das várias escolas do Concelho não fazerem parte Conselho Municipal de Juventude!

    • o anónimo de 13 de Maio de 2014 às 14:08 tem razão,
      deixem os jovens reunir e decidir, querem estar sempre a meter o bedelho, chega, continuam a querer massacrar os jovens, não basta o que nos fazem quando nos impedem de ter trabalho antes dos 40 anos, não basta disfarçarem com os famigerados estágios travestidos de contratos a termo …

    • Não só as APais, como a CPCJ e as escola. Enfim fraca visão.

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies