Luís Pinheiro agita política local com elogios a Isaura Pedro e desafio ao atual executivo

    Luís Pinheiro, instado pelo nosso jornal a comentar os primeiros 6 meses de mandato do novo executivo PS, deu conta que “é o costume: no primeiro dia, chegaram ainda libertadores do povo; ao segundo dia, arrumaram-se numas cadeiras e puseram-se a fazer contas de toda espécie e, ou por defeito das cadeiras ou das contas ou da espécie, sofreram logo um súbito ataque de amnésia; veio o final do primeiro mês, se é que já tinham arrumado as cadeiras, as contas e a espécie, lá voltaram a puxar, do bolso, pelo velho lencinho das prioridades; daqui para a frente, tratando-se apenas de um lencinho, velho, roto e pequenino, há que primeiro assoar o nariz nelense; hão-de vir os próximos meses e anos, e o que é dado a uns, é negado a outros; mais tarde, como o lencinho continua roto, velho e pequenino, até para o tamanho do ranho de Nelas, os narizes dos demais serão mesmo esquecidos; por fim, quando abrirem as urnas de novo, lá voltam com o aceno do lencinho a todos, onde este, de novo, por obra e graça divina, volta a ser branco e imaculado. Já estamos habituados. É por isso que, nós cá em Canas, por prudência, temos sempre um tapete e uma vassoura a cada porta; para aos visitantes que nos baterem à porta, dar, segundo as circunstâncias, ou boas-vindas ou pau. Durante os últimos anos, apesar de seguir também a política do lencinho, a presidente da Câmara era uma autêntica senhora, pelo menos era respeitadora da nossa dignidade, e como isso para nós é sagrado, logo mais importante que alcatrão ou obra de maior menor monta, lá lhe estendemos o tapete; já o titular anterior a ela, que exagerava nos tiques do lencinho e carregava nos seus ares de brutamontes, tendo escolhido o varapau, não se pode dizer que tenha, algum dia, saído daqui com razões de queixa relativamente ao tratamento que lhe demos; quanto aos atuais, como a terra é nossa – pois somos nós que cá habitamos – cabe a eles decidir sobre qual o modo em que preferem ser recebidos.

12 comentários a "Luís Pinheiro agita política local com elogios a Isaura Pedro e desafio ao atual executivo"

  1. " – pois somos nós que cá habitamos – "

    O sr só é visto em Canas -(só )na escola!

    Compras ,café,restaurante,futebol,carnaval,etc ….haja o 1º que venha aqui ,a dizer que o viu!!!!

    À anterior ,estendeu-lhe o tapete ,vergou-se todo e entregou-lhe de bandeja anos de luta,porque ERA da SUA COR POLITICA,….ou o sr é que sofre de "AMNÉSIA"!!!

    O SEU TEMPO,META ISSO NA CABEÇA -É PASSADO,OU MELHOR JÁ ERA.
    JÁ NÃO MANDA NADA EM CANAS nem nunca MAIS VAI MANDAR.

    DEIXE CANAS CRESCER À VONTADE …

  2. Luís o amordaçados e os oprimidos de Canas de Senhorim estão contigo.
    Não ligues a mentes pérfidas que pela nossa Terra num fizeram um chavo, vão apenas passando uns CDs.
    Força e contamos sempre contigo!

  3. Espelho meu, espelho meu, quem tem tem mais ranho que eu? Ninguém, não há maior ranho que um ranho.

  4. Toda a razão professor Luis. Lá vamos ficar com as migalhas…Passaram 6 meses e até agora Zero…

  5. há coisas que nos dão a volta à cabeça, é preciso descaramento e ser um grande malabarista para vir com estas letras ameaçadoras,
    esqueceu-se das declarações que a sua câmara é nelas, esqueceu-se que declarou que não queria indústria em Canas, esqueceu-se que tudo fez para inviabilizar obras estruturais para Canas, etc ..
    além disso, força,,,,,, mobilize lá os seguidores para impedirem a câmara de intervir no parque industrial, para limpar os jardins sem lhe pedir ordem, para limpar as ruas sem lhe pedir ordem … ah ah estão em queda vertiginosa – —- não admira, sempre foi uma pessoa com comportamentos próprios do 24 de abril, quem o conhece, quem lidou com ele, sabe.

  6. SÓ QUERO DIZER O SEGUINTE:
    QUANDO ELE FOR EMBORA, AINDA VÃO ANDAR A RASTEJAR E A PEDIR-LHE PARA ELE NÃO IR.
    FORÇA DR. LUIS PINHEIRO, EU ESTOU AÍ PARA VER ESSES ACONTECIMENTOS TODOS, DESSES SENHORES QUE ESTÃO CONTRA TUDO, E CONTRA TODOS.

  7. João Gouveia Rego | 4 Abril, 2014 às 18:05 |

    Caro Luis,agora foi demais….com o devido respeito e amizade que nos une te digo que ultrapassaste todos os limites,percebo que estejas incomodado com o facto de não estares no palco e de perceberes que já não passa por ti o futuro de Canas,mas há que encarar os factos e escusas de vir com o discurso da vitimização porque já não pega.O executivo tem por Canas um carinho enorme(tu sabe-lo bem) e tudo têm feito e farão para que Canas recupere os anos perdidos e acredita, que nos ultimos anos perdeu-se muito em Canas,olha para a z.i da Ribeirinha,olha para o cemiterio,olha para a variante,etc,etc.
    Já foi mais vezes a Canas o Borges da Silva em 6 meses do que a Dra Isaura em 8 anos, e tu sabes bem que com os defeitos que lhe possas apontar, tens que em consciencia lhe reconhecer imensas virtudes.
    Deixa lá o machado enterrado,não tens argumentos, o Borges sente-se em casa em Canas( é mais visto por lá do que tu),o Alexandre é um GRANDE Canense, a Sofia casou na Urgeiriça e relaciona-se com imensos Canenses,como vês não tens lenha para a fogueira.
    Luis,vamos lá deixar-nos de politiquices e como sei que gostas de Canas,espero que mudes de discurso,porque sei que lá no fundo não tens o que dizes da "boca para fora".

  8. Oh Luis!!!!!! Sinceramente!!! Acorda!! Ja nao tens paciencia nem vida para estas coisas…sai da varanda, poe os chinelos e vai entrando, que o tempo esta a arrefecer! Vai para junto da lareira, sempre ficas mais quente..

  9. Saber sair no tempo certo é uma virtude. Sair pelo próprio pé é melhor do que sair empurrado. Sair preservando o nome na história é sair bem.

  10. cai no ridiculo, qual machado qual carapuça, até porque este homem é declaradamente contra Canas e contra o concelho de Canas, o seu concelho é nelas, foram palavras dele.

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies