Reunião de Câmara politicamente escaldante ontem em Nelas

     Ambiente de grande crispação e troca de acusações entre Borges da Silva e Manuel Marques, marcou a reunião camarária de ontem
    Entre os principais temas discutidos, além da possibilidade de aumento da fatura mensal da água para os consumidores (eventual início de cobrança de taxa de conservação de esgotos, dado o não pagamento por parte do anterior executivo de cerca de 54 mil euros de taxa de recursos hídricos), foi aprovado um inquérito interno a dois técnicos da Câmara para serem apuradas responsabilidades pela edificação de um pavilhão de mais de 2 mil m2 na ZI de Nelas, sem qualquer licenciamento camarário e sem qualquer documento referente à sua construção, nos serviços competentes da autarquia. O executivo liderado por Borges da Silva irá proceder também a um levantamento de auto à empresa, podendo vir a exercer o direito de reversão, com o terreno e edifício a poderem passar para a propriedade da autarquia.

    Foram aprovados também 3 votos de PROTESTO por proposta do Presidente da Câmara, Borges da Silva : 

      1 – Protesto contra a comunicação enviada por Manuel Marques (atual vereador do CDS/PP) aos fornecedores que tiveram as suas faturas devolvidas pelo atual executivo que alegadamente terão violado a lei dos compromissos. A missiva foi considerada pelo presidente da autarquia “um incitamento ao levantamento popular, pois ali é culpabilizado o Presidente da Câmara pelo não pagamento das faturas”. “O sr. vereador Manuel Marques aprovou a sindicância e depois – já em campanha eleitoral para 2017 – escreve aos fornecedores a dizer que a culpa é minha ? O sr. é que deveria ter tido o cuidado de colocar as despesas enquadradas legalmente … isto se não é de doidos, anda lá próximo”, afirmou Borges da Silva, enfatizando que “a Câmara de Nelas é uma pessoa de bem e vai aguardar a auditoria – posso dizer que todas as semanas tentamos acelerar o processo junto da Inspeção Geral de Finanças”. Manuel Marques defendeu-se, justificando a carta com “a tentativa de resolver os problemas aos fornecedores, que foram pessoas que trabalharam de forma séria e agora têm direito a receber”. “Sei que esta carta lhe criou grande azedume, mas Câmaras na mesma situação – e citou como exemplos Guarda e Torre de Moncorvo – fizeram planos de pagamento e começaram a pagar”. 
      O voto de protesto foi aprovado e irá ser enviado a todos os fornecedores que se encontram nesta situação.
      2 – Protesto pelas declarações públicas do vereador Manuel Marques, sobre a cedência de terrenos à Lusofinsa. “Estamos a trazer para Nelas grandes investimentos, em boa medida também pela confiança que os investidores depositam no nosso trabalho. A Lusofinsa vai avançar com um investimento que irá garantir concerteza a sua consolidação em Nelas por 20 a 30 anos, trazendo mais empregos – queremos, e com muita alegria, que sejam criados em Nelas entre 500 a 1 000 empregos para regenerar o tecido social do concelho e colocar Nelas no centro do centro de Portugal – e o sr. vereador Manuel Marques – e são algumas empresas que o dizem – usa a decisão de cedência de terrenos a 0,5 €/m2, como arma política, em atitudes extemporâneas, que podem obstaculizar os investimentos no concelho”. Os vereadores do PSD, Artur Jorge Ferreira e Rita Neves, criticaram este voto de protesto, considerando-o mais de “índole pessoal e política” servindo apenas “para alimentar quezílias”. Manuel Marques veio a terreiro acusar Borges da Silva de chicana política, afirmando contudo que “se tiver que pedir desculpa à Lusofinsa, assim o farei”.
         3- Protesto pela ausência de todos os vereadores da oposição na receção ao Secretário de Estado da Inovação e evento da assinatura do protocolo com a empresa AQUINOS SA. “Lamento que os srs. vereadores da oposição não tenham comparecido a tão importantes eventos para o desenvolvimento do concelho, ainda para mais quando são da cor política do governante que aqui se deslocou. O PSD e CDS de Nelas revelam querer estar ausentes de questões tão relevantes como estas”, criticou Borges da Silva. Manuel Marques classificou de “malvadez política este voto de protesto”, pois “só fui informado no dia anterior pelas 14h e por razões pessoais não pude estar presente”. As mesmas justificações de caráter “pessoal” foram dados pelos vereadores Artur Jorge Ferreira e Rita Neves. O presidente da Câmara não deixou de vincar a sua estranheza pelas ausências “pois a reunião de Câmara terminou pelas 11h30m e o Secretario de Estado chegou uma hora depois”. 



      Desenvolvimentos na edição impressa do seu jornal CENTRO NOTICIAS nelas/ carregal nas bancas na próxima Quarta Feira.

33 comentários a "Reunião de Câmara politicamente escaldante ontem em Nelas"

  1. joaquim do ó | 26 Março, 2014 às 15:10 |

    "AQUINOS tecem rasgados elogios à postura e dinamismo do executivo liderado por Borges da Silva
    – A empresa de sofás sugere mesmo que "o governo deve seguir este exemplo de dinamismo e celeridade nas respostas", afirmando categoricamente que "na corrida para este investimento estavam 3 concelhos, mas os outros 2 ficaram na zona de conforto, ou seja, pouco fizeram e nada vão ter". Ao que apurámos os outros concelhos eram Tondela e Carregal do Sal."

    EIS PORQUE A OPOSIÇÃO
    anda nervosa. Tudo o resto é música

  2. Saber perder é uma virtude que nem todos têm. 4 Anos de ressabiamento estão garantidos ?

  3. E o Adelino onde está? Gosto muito da gravata do BS!

  4. o comportamento do vereador da coligação "todos juntos por nelas" é iguaql à que teve em 8 anos de poder, não se conseguia deliberar em conformidade com a normal elaboração de uma deliberação, o homem estava sempre aos gritos

    nas reuniões atribuam-lhe um tempo de por ex: 30 m para falar e outras coisas e depois, recomecem a reunião a sério.

  5. o presidente da câmara devia interromper a reunião até se restabelecer a normalidade, devia-o fazer chamando a Gnr para retirar quem está a criar um tumulto na reunião de um orgão público.

  6. O Adelino Amaral já verificou no logro em que se meteu!
    Adelino foi sempre contra o ódio e as perseguições, o que o presidente da câmara de Nelas, não consegue tirar dentro de si, Borges da Silva enquanto politico é um caça às bruxas.

  7. Já temos quem sonhe com cedros
    Agora parece que temos quem sonhe com o Adelino
    Adelino para cá, Adelino para lá

    Ó homem pare com essa fixação

    Bom mas verdadeiramente o que pretende é criar divisões dentro do PS
    Já todos viram esse seu objectivo que verdadeiramente parece pobrezinho

    Há tantos assuntos para analisar.

    • Mas como é que podem criar divisões dentro do PS quando o Dr.Borges da Silva é independente e os seus colaboradores são "Yes Men" ?

    • Olhe que não "Zé (Pacheco)", olhe que não. O tempo o dirá… vai uma aposta?

    • Independente, mas o que é isso ? Digam lá senhores se BS, não é do PSD? os independentes na política, são como os abutres.

  8. Para acabar com o tumulto a reunião a mesma ficaria sem quem a presidisse!

  9. O Adelino Amaral teve em 2009, uma conjuntura politica adversa e um proliferação de candidatos nas autárquicas do mesmo ano, o que não aconteceu com Borges da Silva, apenas concorreu o PS, bipolarizando se as votações foi o grande azar de Adelino Amaral, com a agravantes de concorrerem contra si dois presidentes de Câmara, Zé Correia e Zé Vaz.
    Penso também que a coligação em 2009, não tinha os inimigos dentro do castelo, como aconteceu em 2013.
    Por isso, Adelino Amaral foi e é um lutador, merecendo por isso, ser respeitado.

    • Se houve proliferação de candidatos foi porque o Sr. Adelino Amaral não conseguiu unir as várias facções PS!

    • Comentário assisado. Parabéns. Em meia dúzia de linhas o resumo de 4 anos de atividade política concelhia. Muito bom.Quanto às considerações sobre o Adelino, não me pronuncio.

  10. Saber sair com classe, com charme, com elevação. Saber perder com espirito democrático, com tolerância, com respeito. Saber fazer uma cura de ausência do poder, sem ressabiamentos, sem saudades das mordomias próprias do poder, Saber ser oposição sem perder a traquitana, sem destemperamentos
    …Saber…Saber…SABER…

    São muitos saberes, que se têm, ou não se têm

    O concelho precisa de muitas coisas, e nesse aspecto tiramos o chapeu ao senhor Presidente e restante vereação que estão fazendo muito para colocar o nosso Concelho onde já esteve no passado. Parabens pelo esforço.

    O concelho não precisa é de agitadores de fantasmas. O concelho quer progresso. O concelho não quer voltar a um passado que quase nos arruinou.

    Ande para frente senhor Presidente. Tem o povo laborioso do concelho faminto de progresso do seu lado.

    Aos velhos do Restelo, saudosos de muitas coisas, já o povo mostrou que não gostou. O senhor Presidente empenhe-se em trazer para Nelas empregos e tenha a certeza que marcará um lugar na história local. Vª Exª é jovem tem filhos como todos nós tem ambição de nos colocar na senda do progresso, vamos pois para a frente.
    ´
    À oposição deixem trabalhar pois esta Câmara está a colocar AS PESSOAS PRIMEIRO
    AS PESSOAS PRIMEIRO
    AS PESSOAS PRIMEIRO
    AS PESSOAS PRIMEIRO

    Onde é que já ouvimos isto????

    Só que agora a diferença é que o desejo corresponde à prática

    FORÇA SR PRESIDENTE. VAMOS PARA A FRENTE SEM MEDOS

    (uma mãe preocupada)

  11. Uma mãe preocupada, mãe por transplante!

    • Essa mãe diz aquilo que todas as mães pensam. O que ela diz é que preocupa muito os saudosos do passado. E como doi muito ouvir o que é importante é preciso atacar o mensageiro. A mensagem é que não querem discutir. Só o mensageiro. Como andam enganados

  12. Uma mãe travestida

  13. Pelo que sei já não é a primeira vez.
    Na última o vereador MM abandonou a reunião porque o Sr. Presidente não lhe deu a palavra para ditar uma declaração de voto, um direito que assiste a qualquer vereador .
    Obviamente que, quem conhece os dois saberia que este seria o fim.
    Novidades, para mim nao existem!
    O Sr. Presidente nao quer nem deixa falar! o vereador MM quer falar!
    Afinal nao sera isto democracia ou isto nao existe neste orgão executivo e deliberativo?
    Ainda a procissão vai no adro. Arrefeçam os motores pelo bem deste concelho.

  14. Quem conhece Manuel Marques, sabe que ele é um homem de convicções e não dá tréguas a quem o ofende com inverdades e injustiças.
    Quem o conhece sabe quanto ele se entrega às causas, foi assim enquanto Presidente do Sport Lisboa e Nelas, foi assim enquanto presidente da Direção dos nossos Bombeiros, recordo-me uma passagem onde estive presente com ele na Câmara Municipal de Almeida, quando os serviços técnicos daquela autarquia quiseram interromper o TT Nelas Ciudad Rodrigo.
    Este homem tem um coração de manteiga, mas também tem um coração de ferro quando o atacam.
    Para ele não há cansaço, a luta pelas causas é a sua determinação.
    Força Marques!

    • caro anónimo, lamento, provavelmente estava na calha para os favores e beneficios da lista de MM, perdeu, paciência, materialmente não pode cumprir, há uma impossibilidade que o povo inteligente lhe impôs, a derrota e o afastamento.

  15. Querem fazer querer que só o atual presidente da camara se preocupa com o nosso concelho e todos os demais que por lá passaram desde a criação de Município, não se preocuparam! ou alguma vez o quiseram vender ou destruir?
    Que se há-de dizer do saudoso Sr. Bento Ruivo, de Dr. Lopes Correia, do Dr. Vaz, do Eng.º Zé Manel, Dr. Arnaldo Dr.ª Isaura Pedro, e perdoem-me por algum nome não ser lembrado.
    Não podemos aceitar que um seja fina flor outros entulho.
    Não faltem ao respeito por quem deu o seu melhor por aquela casa, no final é que se fazem as contas.

    • Não esquecer também,o Dr. Eurico do Amaral, em cujo mandato foram construídos o Estádio e teatro sem subsídios da U.E.e os Drs. Emeliano Campos e João Vitorino.

  16. Também me recordo quando fomos todos de Toyota Hiace para ANPC em Lisboa e quando queriam chumbar a candidatura do Quartel do Bombeiros Voluntários de Nelas, os nossos queridos bombeiros, estava lá a Sr.ª
    Presidente de Câmara, mas nem assim o controlaram. Mas, uma coisa é certa o quartel foi tipificado como nos queríamos e não como eles queriam.

  17. Pergunta para prémio
    -O que tem a Câmara de tão doce para não a deixarem?

  18. O que é que aconteceu ao PSD de Nelas ?
    Haja alguém do PSD que se imponha e lidere a oposição civilizada , sempre necessária em democracia, à Câmara do Dr. Borges da Silva. Disse Câmara do Dr. Borges da Silva,porque o PS à semelhança do PSD desapareceu.

  19. Ao comentador das 14:33
    Concordo com o seu comentário indubitavelmente inteligente.
    Para "in loco", verificar como decorrem as reuniões e para se inteirar se é o poder ou a oposição que é insolente, assista à reuniões e ajude que elas sejam gravadas depois dos pedido dos jornalistas e da oposição como já aconteceu. Borges da Silva não quer que as reuniões sejam gravadas saiba-se lá porquê?

  20. SIMPLESMENTE ESCLARECIMENTO:

    A que se deverá o silencio profundo do PSD, quando ele próprio foi o responsável a gestão autárquica da Câmara com uma presidente, 3 vereadores, seus secretários e chefes de gabinete e adjuntos.
    Querem deixar destruir o PSD, como aconteceu quase durante 20 anos?
    O que dizem sobre o não pagamento das faturas aos fornecedores, casos que o PSD tinham conhecimentos do anterior executivo socialista e simplesmente os pagou?
    O PSD tem que se alinhar e não poderá permitir que a oposição seja feita apenas pelo vereador do CDS, bem sabendo antecipadamente que ele será candidato pelo seu partido em 2017.
    AFINAL O QUE QUER O PSD DO CONCELHO DE NELAS

  21. SIMPLESMENTE COLIGAR-SE COM O PARTIDO SOCIALISTA!

  22. Ao senhor Comentador das 12:04

    Como PSD não acredito que seja verdade, embora Borges da Silva, tenha os históricos do PSD na mão.
    Poderá é acontecer o PSD mais 20 a atravessar o DESERTO

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies