Portugal considerada a região vínica mais “excitante” do mundo

       

Portugal e em particular o Douro – é a região vinícola “mais excitante do planeta”. É esta a crença de Matt Kramer, crítico de vinhos norte-americano da prestigiada revista Wine Spectator, que decidiu mudar-se, na companhia da mulher, para a cidade do Porto, que de imediato se tornou o seu “lar” em território português.

Depois de ter vivido em locais tão díspares como Buenos Aires, Melbourne ou Veneza, Kramer e a esposa, Karen, que já tinham passado por vários países da Europa mas nunca se tinham interessado por Portugal por acharem ser possível, no passado, “saborear nos vinhos [à exceção do Vinho do Porto] a falta de ambição”, acabaram, recentemente, por se apaixonar pelo país e, em especial, pelo Douro vinhateiro.
À medida que foi provando as novas produções vínicolas portuguesas, o norte-americano mudou de perspetiva. “Algo parecia estar a transformar-se ou, pelo menos, assim o sugeriam os vinhos. Portanto, no ano passado, visitámos Portugal duas vezes. Amei o que vimos, quem conhecemos, o que comemos e, acima de tudo, o que saboreei”, conta numa crónica publicada ontem na conceituada publicação Wine Spectator.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies