Borges da Silva devolve faturas dos fornecimentos que “violaram a lei dos compromissos”

O presidente da Câmara de Nelas acaba de
devolver todas as faturas respeitantes aos cerca de 800 mil euros de despesas
efetuadas pelo anterior executivo. De acordo com a interpretação do autarca e
reputado advogado “estas despesas são ilegais, logo não nos resta outra
alternativa”.

Entretanto, ao que apurámos, existem já
alguns fornecedores na disposição de agirem judicialmente sobre os anteriores
autarcas de Nelas, responsáveis pelas aquisições, se a auditoria  pedida à I.G.F., que foi ontem também
aprovada pela Assembleia Municipal, vier a confirmar a sua ilegalidade.