Borges da Silva devolve faturas dos fornecimentos que “violaram a lei dos compromissos”

O presidente da Câmara de Nelas acaba de
devolver todas as faturas respeitantes aos cerca de 800 mil euros de despesas
efetuadas pelo anterior executivo. De acordo com a interpretação do autarca e
reputado advogado “estas despesas são ilegais, logo não nos resta outra
alternativa”.

Entretanto, ao que apurámos, existem já
alguns fornecedores na disposição de agirem judicialmente sobre os anteriores
autarcas de Nelas, responsáveis pelas aquisições, se a auditoria  pedida à I.G.F., que foi ontem também
aprovada pela Assembleia Municipal, vier a confirmar a sua ilegalidade.

4 comentários a "Borges da Silva devolve faturas dos fornecimentos que “violaram a lei dos compromissos”"

  1. A Câmara de Nelas é uma pessoa de bem,dirigida por um " reputado advogado", deve portanto pagar o que deve, aguardar pelas conclusões da auditoria e depois agir de acordo.
    Parece-me que o Sr. Presidente está judicializar demasiado a governação da Câmara ou, então a arranjar trabalhos para os seus colegas advogados.
    Eu sou dos que pensam que vale mais um mau acordo do que uma boa demanda

  2. a Câmara só deve pagar dentro da legalidade
    Como é óbvio

  3. não vale tudo, as instituições como a câmara devem dar o exemplo e não foi o que aconteceu com a anterior, "OS MUROS CAIRAM"

  4. Claro que aconteceu!o presidente da câmara deve informar quanto pagou ao seu amigo em honorários durante um ano. Devia também chamar a policia!
    Ainda haverá muito para investigar! Ainda estão a comer da boda! as canas do foguetório vão cair-lhes em cima da cabeça.
    Vamos deixar assentar a poeira! Os telhados de vidro ande começar a partir
    Os trabalhos arranjados jurídicos já estão arranjados e todos nós sabemos para quem são.
    As faturas de há muito têm que ser pagas. Só não vê quem não quer!
    Estejamos todos atentos o desvario o amiguismo já começou

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies