Executivo anuncia 800 mil euros de dívidas totais a fornecedores

– Pedido de sindicância vai ser votado no
próximo dia 11, com o vereador Manuel Marques a declarar que votará
favoravelmente o pedido
Na reunião camarária realizada hoje, o
executivo liderado por Borges da Silva, revelou que a autarquia de NELAS tem
neste momento dívidas a fornecedores que ascendem a cerca de 800 mil euros.
Borges da Silva deu conta que algumas das despesas foram aprovadas pelo ex vice
presidente, Manuel Marques e não pela ex presidente da Câmara, Isaura Pedro.
Lembramos que durante a campanha eleitoral Borges da Silva falou em “cerca
de 3 milhões de euros de despesas efetuadas durante a campanha, que violariam a
lei dos compromissos”. O valor total da dívida da autarquia situa-se neste
momento, de acordo com os dados avançados pelo executivo, em cerca de 16
milhões de euros, ou seja, “5 vezes mais do que a deixada pelo ex
presidente, José Correia, há 8 anos”, como referiu Borges da Silva.
Entretanto o pedido de sindicância à Direção Geral de Finanças vai ser decidido
no próximo dia 11, pois alguns vereadores tiveram que se ausentar antes de ser
colocado em votação. Tudo indica que será aprovado, até porque o próprio
vereador Manuel Marques já indicou que o votará favoravelmente.
Mais desenvolvimentos amanhã neste seu
diário digital.