Executivo anuncia 800 mil euros de dívidas totais a fornecedores

– Pedido de sindicância vai ser votado no
próximo dia 11, com o vereador Manuel Marques a declarar que votará
favoravelmente o pedido
Na reunião camarária realizada hoje, o
executivo liderado por Borges da Silva, revelou que a autarquia de NELAS tem
neste momento dívidas a fornecedores que ascendem a cerca de 800 mil euros.
Borges da Silva deu conta que algumas das despesas foram aprovadas pelo ex vice
presidente, Manuel Marques e não pela ex presidente da Câmara, Isaura Pedro.
Lembramos que durante a campanha eleitoral Borges da Silva falou em “cerca
de 3 milhões de euros de despesas efetuadas durante a campanha, que violariam a
lei dos compromissos”. O valor total da dívida da autarquia situa-se neste
momento, de acordo com os dados avançados pelo executivo, em cerca de 16
milhões de euros, ou seja, “5 vezes mais do que a deixada pelo ex
presidente, José Correia, há 8 anos”, como referiu Borges da Silva.
Entretanto o pedido de sindicância à Direção Geral de Finanças vai ser decidido
no próximo dia 11, pois alguns vereadores tiveram que se ausentar antes de ser
colocado em votação. Tudo indica que será aprovado, até porque o próprio
vereador Manuel Marques já indicou que o votará favoravelmente.
Mais desenvolvimentos amanhã neste seu
diário digital.

14 comentários a "Executivo anuncia 800 mil euros de dívidas totais a fornecedores"

  1. EM NOME DE UMA MEMÓRIA FACTUAL – O Dr. Borges é um artista. Na campanha falou em 3 milhões… afinal são 800 mil euros. É demasiado, é verdade. Mas fica na retina o vale tudo que faz parte da matriz genética de quem nos governa atualmente. Durante a campanha houve que empolar e enganar a populaça.. Agora… é o que se vê. Com papas e bolos… E continua a iludir e a ludibriar logo de seguida. Sim, a dívida é monstruosa: 16 milhões, mas o senhor "dono da verdade" falava em 25 milhões. Mais, a dívida do Dr. Correia que ele tantou atacou e agora defende, foi de 5 milhões (curiosamente em mais uma auditoria por si proposta, contra… deixa ver… sim, ZÉ CORREIA. Ah, e deixa ver, quem o acompanhava? Ah, pois… Isaura Pedro e… como era mesmo o nome do outro? Isso… Manuel Marques) de euros, números divulgados pelo executivo que integrava em 2005. Uma prática habitual nele, uma vez que na altura também dizia que Zé Correia tinha levado a câmara à bancarrota. Depois, como não interessava, meteu a auditoria no bolso. Ele e os seus comparsas de então. Mais ainda, a dívida de Zé Correia é cerca de três vezes mais, não 5. A dívida é muito grande, sim. É enorme, claro. É monstruosa e criminosa, absolutamente. Mas o que também nos deve preocupar a todos é esta difícil relação do Dr. Borges com os números, distorcendo-os, não conseguindo fazer contas simples, e usando-os a pensar que ninguém realmente os conhece. É uma relação assaz tumultuosa. E muito preocupante…

    • E o vereador Osvaldo das meninas. Tudo farinha do mesmo saco.

    • 1. Anonymous4 de Dezembro de 2013 às 22:42

      “”…Mas fica na retina o vale tudo que faz parte da matriz genética de quem nos governa actualmente. Durante a campanha houve que empolar e enganar a populaça…””.

      CARO ANÓNIMO

      Ainda tem a derrota encravada na garganta e pelos vistos vai durar 4 ANOS

      Mas queira saber que o POVO que Vª Exª chama de “POPULAÇA” votou contra quem arruinou as finanças da CMN e contra quem teve uma conduta errante na gestão camarária

      E adianto-lhe já, que já deu para topar que vai estar aqui 4 anos a malhar, por estratégia politica

      Numa lógica de bota abaixo

      Mas também lhe adianto que com este tipo de “malhanço” chamando o POVO de POPULAÇA
      Já começou a perder mais do que ganhou

      Votar em gente que nos trata por POPULAÇA, como dizia o outro: JAMÉ

      A politica politiqueira cega-vos. O POVO não é burro. O POVO tem sabedoria milenar

    • Caro anónimo das 11:17

      Olhe que na lógica do bota a baixo e da pirueta política o Dr.Borges da Silva é Catedrático.
      Deve ter aprendido com seu amigo "Jamais".

  2. Estive hoje na reunião de carmara, onde já não ia a alguns anos, e gostei da elevação como decorreu. Gostei da forma como o Presidente esplicou a situação ainda que com muita parcialidade. O objectivo era atacar o Marques. Gostei da forma como o Marques respondeu quer pelo que transmitiu quer por não reagir as provocações duras do Presidente e vereadores do executivo e do vereador do PS Adelino. Adelino está nas sete quintas. Continua a criticar o anterior executivo e não alinha com o actual. Apresentou uma serie de situações que, pelo que foi referindo já as tinha apresentadas anteriormente. O Vereador Alexandre ajudou à festa e carregou no Marques. Também a Vereadora Sofia Relvas levantou uma polémica com Marques, tendo sido esse momento que o levou a sair um pouco da normalidade da reunião. Quanto aos restantes vereadores, de Rita Neves nada se ouviu. Gostei também da intervenção lúcida e construtiva do Vereador Artur Jorge que focou varios pontos do relatório, voltando a referir-se às taxas e à possibilidade da sua alteração. Pelo que vi temos pessoas competentes e preocupadas na Camara o que eleva a qualidade do debate e esclarecimento.

  3. está no principio….
    Adelino Amaral um dia destes coloca Borges da Silva em minoria. Os vereadores em permanência não têm nada a ver com o PS.

  4. Borges da Silva disse na campanha que a mentira era a arma do anterior executivo.
    E agora?

    • pior fez passos coelho na campanha antes de ganhar as eleições

      ou já se esqueceu ?????

    • E AGORA ?
      E agora o que nos deve preocupar
      é isto:

      Um em cada quatro portugueses em risco de pobreza (DD)
      Um quarto da população portuguesa encontrava-se em risco de pobreza ou de exclusão social em 2012,

      FOI isto que nos deu o seu governo

      E AGORA ?

  5. Por detrás da mentira aparece sempre a verdade, depois de tanta mentira, dita pelo Sr. Dr. Borges da Silva na sua campanha, descobre-se que a divida da CÂMARA, não de tão grande dimensão como apregoava aos 4 ventos o Sr. Dr. Borges da Silva.
    A divida na verdade é de uma gravidade, que alguém deveria responder por tal gravidade, mas como os culpados saem sempre ilesos, lá teremos nós que pagar e não BUFAR.
    Meus caros comentadores, num comentos que fiz noutro post. dizia eu que durante dois anos não haveria OBRAS em nenhum SÌTIO DO CONCELHO, mas meus caros tenho quase a certeza que durante 4 ANOS NÃO VAI HAVER OBRAS.
    E por aquilo que já me deu a entender vamos haver se não haverá eleições antecipadas.

    • eleições antecipaqdas?? pra quê?
      ponham el doctor marques em presidente da câmara e nomeiem o seu adjunto de canas luis pinheiro.

    • não interessa que Manuel Marques vote ou não favoravelmente a sindicância, a maioria é do PS o que garante a aprovação.

    • dupla perfeita para trabalhar e com provas dadas, o resto são flores de jardim que vão cair à primeira ventania

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies