Evento no Centro Cultural do Carregal assinalou o Dia do Deficiente

O Município de Carregal do
Sal promoveu no passado dia 3, diversas iniciativas que assinalaram no concelho
o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, no âmbito do plano de atividades
dae resposta social e de ação social e de acordo com o “Projeto para
Incluir”. O pólo de Oliveira do Conde , integrante da Associação de Paralisia
Cerebral de Viseu, promoveu duas iniciativas distintas: durante a manhã, junto
ao Julgado de Paz, uma barraquinha de venda de artigos e produtos elaborados
pelos utentes, técnicas e auxiliares da instituição, que teve como objetivo a
angariação de fundos e a sensibilização para a causa numa dinâmica de inclusão
social.
Pela tarde, no Centro
Cultural de Carregal do Sal, utentes e colaboradores do Centro de Atividades
Ocupacional da Associação, ofereceram aos utentes das restantes IPSS´s do
concelho e comunidade , um espetáculo ímpar. Rancho, música, coreografias
várias e teatro, fizeram a animação que durou mais de uma hora e que
surpreendeu o público presente, incluindo o Vice-Presidente da APCV –
Associação de Paralisia Cerebral de Viseu – Armando Torrinho, a quem coube dar
as boas-vindas iniciais e apelar à inclusão social.
No final do espetáculo também
a Coordenadora do Pólo de Oliveira do Conde da APCV – Fátima Moutinho,
salientou a presença e a parceria da Rede Social, incluindo da Câmara
Municipal.
Foi a vreadora com o Pelouro
da Ação Social, Cristina Borges, que acabou por encerrar o evento. No uso da
palavra, e em representação da Câmara Municipal, assumiu-se
“emocionada” pelo espetáculo a que assistiu, agradeceu a presença de
todos e afirmou a disponibilidade da autarquia, dentro das suas limitações,
para continuar a fazer o possível em prol de um grupo de “cidadãos
especiais que não podem nem devem ser votados ao esquecimento; pelo contrário,
que merecem um carinho, acompanhamento e cuidados específicos”.
No final, a Autarquia ofertou
um lanche aos utentes e colaboradores presentes da APCV.