Roubo de cabos de cobre deixa a Felgueira sem comunicações pela 15º vez num ano

É uma situação que vai proliferando pelo
país. Nas Caldas da Felgueira tem atingido proporções gigantescas. Há cerca de
15 dias e pela 15ª vez num só ano, roubaram vários cabos de cobre e deixaram a
estância termal mais uma vez isolada, em termos de telecomunicações. A PT
demora entretanto cerca de 1 semana a repor os cabos e as comunicações. O que
está previsto legalmente  é que somente a
partir de 15 dias é que a PT assume indemnizações. Isabel Pires, empresária do
ramo hoteleiro, explicou ao nosso jornal que os “prejuízos são avultados,
pois temos que colocar telemóveis e internet a funcionar para os
clientes”, ou seja “temos que pagar outro serviço”. Por exemplo,
os clientes querem fazer uma ligação fixa do quarto e não podem “só
levando nós o telemóvel ao quarto”, isto para além de não
disponibilizarmos “internet sem fios no quarto”. “Na Felgueira
questionamo-nos como é possível as autoridades policiais não terem feito nada
ainda, dado ser muito recorrente esta situação”, lamenta-se a empresária.
“Estamos seguramente  na presença de
crime organizado”, diz-nos, afirmando que “desde há 2 anos que tem
vindo a piorar, principalmente no Inverno”.”Houve vezes em que roubaram
os cabos e logo nos dias seguintes voltam a roubá-los – obviamente que isto só
prejudica o turismo nesta estância termal” conclui Isabel Pires.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies