Cimo do Povo com orçamento curto, aposta nos Trapalhões e inova nos carros alegóricos

André João, recém eleito presidente da Associação do Cimo do Povo, dá-nos conta em entrevista exclusiva, dos preparativos para o carnaval do próximo fim de semana, assumindo que é aquele de “maior aperto” para Associação, nos últimos anos, fruto de uma crise que tem afetado de forma dramática o Associativismo.

Qual o orçamento do carnaval 2012?

O orçamento para este ano é muito inferior ao de anos anteriores. O carnaval é um evento da Associação Cimo do Povo que tem um custo bastante elevado. Sem apoio do Município não seria possível a sua realização. Não podemos arriscar fugir ao orçamento definido, pois com a actual lei, são os dirigentes da associação quem responde com o seu património sobre as dívidas da instituição. A titulo de exemplo, refiro os custos que a Associação tem que suportar junto da Sociedade Portuguesa de Autores – cerca de 600 euros, para poder colocar o Carnaval nas ruas de Nelas.

Qual o valor de financiamento do Município para esta actividade?

Foi hoje aprovada uma verba de 7.500 euros para cada Associação, um valor que fica muito aquém dos anos anteriores.

Quais as empresas envolvidas e valor do investimento privado?

A associação conta com o apoio logístico de pequenas empresas do Concelho, sendo de realçar na actual conjuntura, o apoio com material, dado pela empresa Lusofinsa.
Quais a principais dificuldades encontradas em 2012?

Alem das dificuldades económicas, o Cimo do Povo também se depara com a dificuldade em ter voluntários mais jovens para a preparação de todo o evento. São as pessoas mais velhas e muito ligadas à associação, que se dedicam à construção dos carros alegóricos. Os mais novos estão disponíveis para participar nos desfiles de domingo e de terça feira, mas não se envolvem na sua preparação.
Dois meses antes do Carnaval trabalham cerca de 40 pessoas diariamente na construção de carros e fatos para o desfile. Estas pessoas fazem o seu trabalho em regime de voluntariado, mediante a disponibilidade de cada um.

Qual o número de carros alegóricos que irão ter a desfilar pelas ruas de Nelas?
Vamos ter 5 carros no desfile

Qual o tema escolhido para este ano?

O tema escolhido para este ano é OS TRAPALHÕES
Este tema poderá ser apreciado nos cinco carros alegóricos. No desfile destaco o grupo de foliões junto do carro de abertura do desfile e o outro grupo junto do carro da Rainha do Carnaval.

Os restantes carros do desfile serão acompanhados por outros grupos com o mesmo tema.
Quantos figurantes estão já inscritos?

Ate ao momento perto de 200 inscritos

Quantos figurantes estão previstos para os grupos do vosso Bairro?

Previstos cerca de 250 figurantes.

Como está a decorrer a preparação dos fatos?

A preparação está a decorrer com normalidade, pois estamos a reaproveitar tecidos e peças de anos anteriores.

Quais as ruas da Vila, que o corso do vosso bairro vai percorrer?

Vai percorrer o trajeto do ano passado. Saindo das instalações do Cimo do Povo em direcção À Praça do Município pela Rua D Afonso Henriques. Depois segue pela Av. João XXIII até junto da rotunda da Igreja de Nelas. Na rotunda da Igreja segue para a rua Sacadura Cabral até as quatros esquinas, para ai percorrer a Rua Gago Coutinho.

É tradição a Rainha de cada Bairro trocar de carro alegórico. Onde terá lugar a troca de Rainhas?

A troca de Rainhas terá lugar no LARGO DO MUNÍCIPIO

Este ano o Cimo do Povo terá um Rei ou Rainha a desfilar?

Será uma Rainha.

Que novidades teremos este ano no vosso desfile ?

Está a ser preparado com bastante secretismo um carro alegórico. Este carro surge a partir de uma ideia que remonta ao final dos anos 70 e que nos foi apresentada por antigos directores. Pensamos que será uma agradável surpresa para todos os que visitarem o Concelho de Nelas e a nossa tradição de Carnavalesca.
André João destaca ainda o excelente trabalho que está a ser desenvolvido por todos os voluntários, aos quais agradece toda a colaboração.