Violento acidente na EN 231 vitima mortalmente trabalhador da Lusofinsa

– Falecido tinha também ligações familiares em Nelas

Foi no passada dia 17, uma Sexta Feira, pelas 11 horas da manhã, que Paulo Ribeiro sofreu um embate violento na EN 231,próximo de Oliveira de Barreiros, que o vitimou mortalmente. Com 45 anos anos, trabalhava há mais de 20 na Lusofinsa, empresa sedeada na zona industrial de Nelas e tinha ligações familiares ao concelho, pois é cunhado do vice-presidente da direção dos bombeiros de Nelas, José Montenegro. Paulo Ribeiro fazia diariamente, de motociclo, este trajeto para o seu local de trabalho, pois residia em Rio de Loba, próximo de Viseu. O acidente ocorreu praticamente no mesmo local onde morreram a advogada Natália Coelho e a empresária Clara Moreira, em Outubro de 2009, o que causou na altura uma grande consternação e pesar em Nelas. O acidente deu-se quando a moto embateu com grande violência no pesado de mercadorias, logo depois de uma curva. Ambos os veículos circulavam na mesma faixa de rodagem, quando o pesado virou para a esquerda, pois iria ali recolher o pessoal que trabalha na limpeza e desmatação das bermas da estrada, dado que pertence a uma empresa de Aveiro, responsável por esses trabalhos, naquele local. Os Bombeiros Municipais de Viseu e as equipas da Viatura Médica de Emergência (VMER) e de Suporte Básico também de Viseu (SBV) estiveram empenhadas no socorro à vítima, que acabou por falecer no local. Também o condutor da viatura pesada acabou por ser assistido no hospital de São Teotónio em Viseu, pois ficou em estado de choque com o acidente.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies