Isaura Pedro quer fazer de Nelas o concelho com menos desemprego no país

A presidente da Câmara Municipal de Nelas, Isaura Pedro, deixou a garantia, na última reunião do executivo, de que “tudo vamos continuar a fazer para manter a proeza” de ser um dos concelhos da região e até do país com menor número de desempregados. Perante as últimas estatísticas que colocam Nelas “muito abaixo da média nacional” em termos de desemprego, a autarca aproveitou para deixar um voto de louvor aos empresários locais, por mesmo em tempo de crise, terem conseguido manter e até nalguns casos “consolidado” as suas empresas, assegurando assim os postos de trabalho. Um esforço que segundo Isaura Pedro tem sido também acompanhado pelo seu executivo, que “ tudo tem feito” para que as empresas possam instalar-se em Nelas, e algumas ampliar mesmo os seus negócios, através da cedência de terrenos a preços simbólicos, e ainda graças à criação de algumas infra estruturas nas zonas industriais do concelho. “ Esta é a prova de que a estratégia deste executivo está a dar frutos” considerou a presidente da Câmara, que espera a breve trecho poder anunciar novos e avultados investimentos no seu concelho. Apesar dos números não envergonharem o concelho, bem pelo contrário, a autarca nelense lembra que o facto de ainda haver uma taxa de desemprego de 6,9%, o que quer dizer que há 7 pessoas em cada 100 que estão desempregadas, deve levar a Câmara Municipal a continuar este esforço para “manter a proeza” de “fazer de Nelas o concelho com menos desemprego na região e no país”. Na próxima semana poderá entretanto haver algumas novidades nesta matéria, nomeadamente em relação ao dossier “Jonhson Controls”, cujas instalações, tudo leva a crer, já terão sido vendidas a um conhecido grupo económico , que pretende reativar aquela que em tempos foi uma das maiores empregadoras do concelho. De acordo com o vice presidente da Câmara Municipal de Nelas , Manuel Marques, há ainda um industrial do concelho, que preferiu não revelar o nome, que se prepara para fazer um investimento de cinco milhões de euros na ampliação das actuais instalações, criando também mais postos de trabalho. Tudo “boas noticias para o concelho”, considerou Isaura Pedro, que apesar da crise tem sabido cativar os seus empresários.