Vereadora do PS é a mandatária de Isaura Pedro

– Natália Coelho, vereadora e membro da Comissão Política concelhia do PS aceitou o convite para ser a mandatária da (re) candidatura de Isaura Pedro às autárquicas de 11 de Outubro

– Isaura Pedro apresentou a (re) candidatura no passado Sábado, perante centenas de apoiantes

Há muito que se sabia da aproximação entre a actual vereadora do PS, Natália Coelho, e a coligação PSD/CDS-PP actualmente no executivo. Ainda assim, a escolha desta destacada militante socialista para mandatária da candidatura de Isaura Pedro às próximas autárquicas, não deixou de surpreender, tendo sido apresentada com grande pompa no passado Sábado, e constituindo desde logo a grande surpresa da sessão de apresentação da (re) candidatura da actual presidente de Câmara. Recordamos que Natália Coelho, já por algumas vezes nas reuniões camarárias, tinha votada ao lado da coligação, destacando-se a viabilização do empréstimo de 2,5 milhões de euros, o que na altura, deixou o líder socialista, Adelino Amaral, com os nervos “à flor da pele”, devido ao voto desalinhado da vereadora do seu partido. Esta demarcação foi enfatizada pela agora mandatária de Isaura Pedro, que num discurso fortemente aplaudido, sublinhou que “há muito me afastei da oposição feita a este executivo, com a qual deixei de me identificar, por bloquear constantemente decisões importantes para o município, numa atitude destrutiva e desacreditada”. Sucederam-se depois rasgados elogios à governação de Isaura Pedro, designadamente pela postura de “seriedade, honestidade e competência”, que a actual presidente tem demonstrado. A vereadora socialista, enumerou as áreas que, na sua opinião, têm transformado este mandato, no mais “humanizado” de toda a vida da autarquia, como sejam “o apoio aos empresários, a aposta na área social, os programas de apoio aos desempregados, a educação – demonstrando aqui que não é preciso fechar escolas, para se ter um ensino de qualidade, o forte apoio aos jovens e ao desporto, as obras de proximidade, com grande impacto na melhoria da qualidade de vida das pessoas, o apoio aos bombeiros de Nelas e Canas, tudo isto demonstrando claramente que a sua aposta principal são as pessoas”. Natália Coelho, exaltou ainda as qualidades pessoais de Isaura Pedro, nomeadamente o seu “espírito lutador” que até aqui não se lhe conhecia. A cumplicidade entre as duas autarcas foi notória, com a vereadora socialista a afirmar que “o meu partido é Nelas – eu visto a camisola do concelho”.
José Cesário, José Luis Arnaut e Hélder Amaral estiveram presentes na apresentação da candidatura “Todos juntos pelo concelho de Nelas”
A candidatura de Isaura Pedro, apresenta-se sob os lemas “as pessoas primeiro” e “todos juntos pelo concelho de Nelas. Com a presença do presidente da distrital do PSD, José Cesário e dos deputados eleitos pelo distrito de Viseu, Hélder Amaral (CDS-PP) e José Luís Arnaut (PSD), Isaura Pedro fez uma breve retrospectiva da situação em que encontrou, elencando várias situações, que considerou “anormais”, como por exemplo “as profundas assimetrias entre as freguesias, onde umas tinham tudo e outras nada, a situação financeira da autarquia, em que conseguimos passar de uma dívida de 6 milhões de euros, para 4 milhões, os regulamentos perfeitamente ultrapassados, alguns com mais de 40 anos, uma situação em termos de ambiente que era um enorme embuste, um parque escolar completamente abandonado e obsoleto, uma carta educativa por aprovar, que previa o encerramento de várias escolas, e uma situação de completo fingimento no que diz respeito ao apoio à protecção civil”. “A realidade que se vivia era de um concelho de tratamento selectivo, recheado de assimetrias”, disse ainda Isaura Pedro, que frisou que na sua acção política “as pessoas estiveram sempre em primeiro lugar”, num mandato que considerou “muito positivo”, fazendo “obras em todas as freguesias, apostando na requalificação de toda a rede escolar, procedendo a diversos arranjos, como passeios, estradas e arruamentos, reduzindo o IRS para os residentes, melhorando os espaços para as feiras e mercados, avançando com um projecto de habitação social para 22 famílias carenciadas”, entre outros projectos e obras. Isaura Pedro deixou contudo a menção de que “muito há ainda a fazer”, aludindo especificamente a alguns projectos que estão em curso, como “o Museu do Vinho de Santar e a requalificação da Felgueira”. Os agradecimentos da sessão, foram para todos os seus apoiantes, e principalmente para a sua mandatária, Natália Coelho, referindo que “se inicialmente havia muito que nos separasse, agora há muito mais que nos une” e ainda para o marido, agradecendo o seu apoio e também “as suas críticas, pois consegue ser muito isento a este respeito”.
“Não passa de um amor de verão”

Instado a comentar a passagem de Natália Coelho para o terreno do seu principal adversário político, Adelino Amaral considera que não passa de “um amor de Verão”, numa alusão à época estival que se vive, e querendo transmitir, que na sua óptica, esta união será efémera.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies