Plano de Mobilidade Suave da Cidade de Viseu aprovado

Esta quinta-feira o Executivo Municipal aprovou o projeto de execução e a abertura do procedimento para a 1ª fase do Plano de Mobilidade Suave da Cidade de Viseu. No seguimento de toda a estratégia de mobilidade da Cidade de Viseu, o Projeto da rede Ciclável de Viseu insere-se no Plano da Mobilidade Suave e visa um novo modelo de mobilidade sustentável para cidade, integrado no PEDU.

Este é mais um passo no caminho da eficiência e sustentabilidade energética e ecológica. Este plano deverá servir a população definindo uma estratégia para a mobilidade ciclável e pedonal da cidade e que terá como principio a complementaridade dos transportes públicos e individuais de forma integrada.

O projeto pioneiro e inovador será desenvolvido em três fases tendo sido hoje aprovada a primeira. O projeto inclui caracterização do centro urbano da cidade de Viseu na perspetiva da mobilidade suave, a definição uma estratégia consertada de mobilidade suave para a cidade e a estruturação eixos preferenciais de mobilidade na cidade. Posteriormente definir-se-ão pontos de intermodalidade com outros transportes públicos, um modelo de gestão de um sistema de bike sharing e estruturar-se-á um modelo de gestão e manutenção da infraestrutura.

A tipologia do percurso foi adaptada ao perfil de rua existente, criando-se condições de segurança e conforto para os utilizadores, sem comprometer a mobilidade viária e pedonal existente, e a disponibilidade de estacionamento.

Estas tipologias seguem o Guia de Boas Práticas para a conceção de Ciclovias desenvolvido pelo CEAP– Centro de Estudos Arquitetura Paisagista do ISA Instituto Superior de Agronomia, bem como as orientações técnicas do IMTT – Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestre, I.P.

Ainda na senda do ciclismo aprovou-se um contrato patrocínio desportivo de 325 mil euros, a dois anos, para a realização da histórica Volta a Portugal. A prova rainha do ciclismo este ano voltará a passar por Viseu, desta vez a 6 de agosto com a chegada da 5ª etapa e a 7 de agosto, onde se passará o dia de descanso que contará com um concerto de Miguel Araújo. Em 2019 a Volta partirá de Viseu e terá um Prólogo individual.

A Volta a Portugal em Bicicleta continua a ser uma forma impar de promover a cidade-região e as suas tipicidades. E uma atividade que vai ao encontro da importância que o município dá ao desporto e à prática de atividade física. Esta é 64ª edição em que a Volta passa por Viseu e, de acordo com dados da CISION, em 2017 Viseu teve uma exposição de mais de 4 horas de televisão e um Retorno Mediático de 4,5 milhões de euros. A Volta a Portugal em Bicicleta será mais uma vez transmitida pela RTP com uma média de 407.000 espetadores em 2017 e um share de 18,7 %.

Por fim ainda esta quinta-feira foi ratificada a decisão que permitiu o arranque da 2ª fase da substituição de luminárias públicas por LED, que está já a decorrer no terreno. Serão substituídas 468 luminárias de VSAP no perímetro da circunvalação dotadas de sistema de gestão, bem como de 38 projetores no interior do Túnel Viriato VSAP, por tecnologia LED. A empreitada será levada a cabo ao longo do separador central da Circunvalação, zona de passeio, Rotunda da Balsa/Telecom e Rotunda do Fontelo. Durante os trabalhos, e porque à sustentabilidade ambiental diz respeito, ter-se-á especial atenção aos espaços verdes, de forma a não danificar relvados, plantas ou outras espécies similares.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies