Polícia Judiciária investiga Câmara de Viseu

A Câmara de Viseu foi alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária no âmbito do processo de investigação ao Turismo do Porto e Norte de Portugal. Em causa na investigação que envolve mais entidades estão suspeitas de corrupção, peculato e abuso de poder. As autoridades estão a investigar contratos de obras em lojas interativas e subsídios para projetos de turismo.

Fonte da autarquia viseense confirmou ao Jornal do Centro que o município recebeu ontem (20 de junho) inspetores da Polícia Judiciária, que estiveram nos paços do concelho durante todo o dia.

A mesma fonte garante que o executivo camarário forneceu todo o apoio necessário “para a investigação correr dentro da normalidade”. A Câmara também quer “que a investigação chegue ao fim e que se apurem as consequências” e realça estar tranquila com este processo.

Em comunicado, a Procuradoria Geral da República refere que foram realizadas ontem 16 buscas domiciliárias, mais 16 a veículos automóveis e 34 não-domiciliárias, incluindo nas instalações de uma “entidade ligada ao turismo”, uma câmara municipal e as sociedades anónimas desportivas do Sporting de Braga e do Vitória de Guimarães.

Já o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, disse à Agência Lusa que está de consciência tranquila e disponível para prestar todas as informações que lhe forem solicitadas e realçou que está empenhado em defender o seu bom nome e da entidade à qual lidera.

Melchior Moreira é natural de Lamego e exerceu as funções de deputado, eleito pelo PSD, durante quatro legislaturas, na Assembleia da República. Também foi durante vários anos dirigente do Partido Social Democrata em estruturas locais, distritais e nacionais.

Fonte : https://www.jornaldocentro.pt/online/regiao/camara-de-viseu-alvo-de-buscas-da-pj/

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies