Alfama desfila nas Marchas Populares de Oliveira do Hospital

O Município de Oliveira do Hospital realiza no próximo sábado, 16 de junho, a partir das 21h00, no Parque do Mandanelho, mais uma edição das Marchas Populares com muitas das entidades participantes a focarem-se no tema do “renascer”, sete meses depois da tragédia dos incêndios de 15 e 16 de outubro.

Com cerca de mil participantes, três marchas infantis e sete marchas seniores do concelho prometem uma noite de festa, muito brilhantismo e a alegria contagiante que está associada às festividades dos santos populares.

Como  marcha convidada, estará novamente a prestigiada Marcha de Alfama, já bem conhecida do público oliveirense e que pelo quinto ano consecutivo vem apresentar-se em Oliveira do Hospital, logo a seguir à grande Marcha de Lisboa.

Aos mais novos cabe-lhes a honra de abrir a noite. Três instituições do concelho – Casa da Obra D. Josefina da Fonseca; Centro Social e Paroquial do Seixo da Beira e Fundação Aurélio Amaro Dinis –, darão assim um brilho especial ao evento com as suas crianças a marcharem e a encantarem o público presente.

A noite irá prosseguir com a  apresentação das marchas seniores, sete no total, e que vão trazer um espetáculo de música e alegria recheado de surpresas, como já têm habituado o público. São elas: marcha da Arcial; marcha do Rancho Folclórico de Lagares da Beira;  marcha da Junta de Freguesia de Meruge e Associação para o Desenvolvimento Social e Cultural do Vale do Cobral; marcha da Associação Cultural e Recreativa de Lagares da Beira; marcha de Avô; Epto Marcha, da escola profissional EPTOLIVA, e a Marcha das Seixas, da Sociedade Recreativa Seixense, que é estreante neste evento.

Sempre aguardada com grande expetativa, a Marcha da Arcial – uma Instituição Particular de Solidariedade Social de apoio a jovens e adultos com incapacidades, sedeada no município de Oliveira do Hospital –, promete este ano envolver os seus utentes num desfile com uma coreografia concebida em torno de um produto de grande excelência: o queijo Serra da Estrela.

Para acompanhar os marchantes, o evento conta com o envolvimento das quatro filarmónicas do concelho: S. Gião, Avô, de Aldeia das Dez e de Ervedal da Beira.

No próximo sábado todos os caminhos irão, assim, dar ao Parque do Mandanelho, equipado com bancadas,  e onde não vão faltar os produtos mais típicos desta época nas tasquinhas distribuídas pelo espaço. “Venha ao bailarico, à sardinhada e ao manjerico”, é o convite que se dirige ao público.

As Marchas Populares são uma organização da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que procura promover as tradições populares tendo em conta a importância social e histórica deste evento, já enraizado no seio das comunidades em que se integram as coletividades de cultura e recreio que as organizam, bem como o incentivo aos criadores artísticos para a promoção da região.

Tal como nos anos anteriores, espera-se uma enchente de público no Parque do Mandanelho para assistir a este grandioso espetáculo popular, que envolve perto de um milhar de pessoas de todas as idades, entre marchantes, figurantes e músicos, das onze marchas participantes nesta grande noite comemorativa dos santos populares.

Na conferência de imprensa de apresentação do evento, que decorreu esta segunda-feira, no salão nobre do Município de Oliveira do Hospital, a vereadora da Cultura, Graça Silva, enalteceu o trabalho coletivo que vem sendo feito ao longo do ano para que aquele que é um dos maiores eventos do género na região – com cerca de mil participantes –, continue a despertar cada vez mais entusiasmo junto do público e de todos os participantes.

Graça Silva, referiu também que uma das novidades deste ano, é a participação da Marcha das Seixas. “Pela primeira vez na história das nossas marchas populares, temos marchas a desfilar de Norte a Sul do concelho de Oliveira do Hospital”, sublinhou, agradecendo a todas as entidades que dão brilho a este evento, assim como aos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital pela sua “preciosa colaboração”.

Elogiando o empenho de todas as entidades envolvidas, o Presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino,  aplaudiu o que considera ser “um esforço coletivo muito grande” para o êxito que tem vindo a ser alcançado com este evento. “Não posso deixar de  agradecer esse gigantesco trabalho e o grande empenho da vereadora Graça Silva, porque sei que no próximo sábado, no final da noite, todos vamos ficar muito orgulhosos com o nosso concelho”, frisou.

O autarca congratulou-se também pelo facto de diversas entidades participantes terem decidido apostar no tema do “renascer com esperança e alegria”. “Precisamos de olhar para a frente e para o futuro. Vai ser uma noite muito especial e, quando chegarmos ao fim, vamos todos sentir que o esforço valeu a pena porque este evento coletivo será sem dúvida um grande momento de afirmação do Município de Oliveira do Hospital”, sublinhou.

Fonte : https://www.noticiasdecoimbra.pt/alfama-desfila-nas-marchas-populares-de-oliveira-do-hospital/

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies