Citroen 2CV gemina Mangualde e Lempdes

Decorreu no passado dia 9 de junho, pelas 17h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Cerimónia de Geminação das Cidades de Mangualde e de Lempdes.

A ideia de geminação entre as duas cidades surgiu de uma iniciativa dos Clubes de 2CV das duas cidades – o “Club 2CV de Mangualde” e o “Club des Amis de La 2CV” -, que se dirigiram às respetivas autarquias para proporem a ideia, desde logo aceite.

Segundo João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, “é uma geminação que tem um catalisador único, o 2CV, que representa a história mundial do automóvel (…) e nós tivemos a felicidade de o ter em Maungualde a ser produzido. (…) Esta junção de esforços e de paixão por este projeto foi feita por pessoas de Lempdes e de Mangualde (…) e os dois municípios associaram-se desde logo a este projeto. Este projeto já tem dois anos, mas só hoje foi assinado, o que quer dizer que foi elaborado com grande trabalho e pormenor, e a partir de agora vamos fazer relações bilaterais entre os territórios para os dinamizar.” João Azevedo refere, ainda, que “esta geminação não pode ser só um momento formal. Queremos que esta geminação se traduza em relações bilaterais, que possam ter retorno económico, social e cultural entre os dois territórios.”

Nas palavras de Henri Gisselbrecht, Presidente da Câmara Municipal de Lempdes, “1300 Km separam as nossas cidades, mas muitas coisas nos aproximam. Em primeiro plano, evidentemente a história comum relacionada com o 2CV. (…) Um primeiro encontro realizou-se com o Presidente da Câmara de Mangualde em janeiro de 2017 em Mangualde. Fomos muito bem recebidos e tomamos consciência que fora a paixão pelo 2CV, tínhamos muitos mais pontos em comum. (…) Estes laços que se tecem fortalecem uma geminação e permitem que ela dure.”

“A estreita ligação entre clubes bicavalistas, nomeadamente o “Club 2CV de Mangualde” e o “Club des Amis de la 2CV” de Lempdes, levou a que germinasse a ideia de unir os dois municípios.

Vitor Cardoso, Presidente do Clube 2 CV de Mangualde, lembra de que numa primeira fase pensou-se em geminar exclusivamente os 2 clubes, mas rapidamente pensamos que seria melhor alargar às 2 cidades. De parte a parte, os responsáveis dos 2 clubes contactaram os autarcas no sentido de propor esta ideia. Ambos se mostraram disponíveis e iniciaram os trabalhos nesse sentido. Obviamente que esta geminação permitirá a partilha de informações no que diz respeito aos clubes 2CV e a participação de membros de ambos os clubes em encontros e passeios que venham a ser organizados tanto em Lempdes como em Mangualde. (…) Uma geminação serve também para trocas culturais, turísticas e comerciais. Ambos os municípios podem contar com a colaboração dos dois clubes no sentido de ajudarem e participarem em todas as manifestações que venham a ocorrer no quadro da geminação.”

O líder associativo diz que a geminação foi “a cereja no topo do bolo” no 6º Encontro Nacional de 2CV”, quando passam 70 anos do aparecimento do primeiro 2 CV.

Os bicavalistas que encheram Mangualde não só no alojamento e restauração, mas sim de cor e paixão por este automóvel, não puderam sair de Mangualde mais satisfeitos, ao assistirem a este momento histórico, na história do denominador comum entre todos, que é o Citroen 2 CV.

 

 

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies