“Vin Naturel”: E fazer um vinho sem enologia ?

Quinta das Marias apresentou a sua mais recente novidade no mercado

Esta é a mais recente aposta da Quinta das Marias : o “Vin Naturel”, da vindima de 2017. O produtor de Oliveira do Conde (Carregal do Sal) decidiu, pela primeira vez, lançar no mercado um vinho que provavelmente se podem contar pelos dedos das mãos os produtores que têm tido arrojo para o fazer (do que conhecemos, sem dúvida o “Automático” de Carlos Lucas, é o exemplo mais emblemático e bem sucedido).

O Suiço Peter Eckert explicou ao nosso jornal, no decurso do evento “Dão Primores”, onde arrecadou mais uma medalha de Ouro com um Tinto Touriga Nacional 2017, esta decisão : “Vamos testar no mercado, com mil garrafas, um vinho feito sem qualquer intervenção em termos de enologia”. A designação do néctar, faz jus à sua forma de vinificação, como pudemos comprovar : muito natural.leve e suave, sem perder o caráter dos vinhos das Marias. A designação escolhida está relacionada com o principal mercado alvo – Suíça.


Outra novidade a destacar,na sequência da aquisição de uma nova alfaia agrícola, que representou um investimento de 9 000€, é a erradicação do uso de herbicidas. “Este ano não iremos usar uma única gota de herbicidas e tudo o que pudermos fazer para diminuir o impacto ambiental, em termos de químicos, fazemos, sem olhar a custos”, afirma ao nosso jornal o produtor, que tem uma grande consciência ecológica. Um nota final para o design do rótulo que marca a diferença, por ser um edição exclusiva, e onde predomina a natureza e não tanto o homem (como imagem em anexo demonstra).

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies