Quinta do Sobral (Santar) : Duas medalhas de OURO e arranca o inovador projeto de Enoturismo

Imagem de ARQUIVO numa prova Dão e Bairrada

A Quinta do Sobral arrecadou hoje,21 de Maio, no Concurso dos Melhores Vinhos no Produtor (Colheita 2017),da CVR do Dão, duas medalhas de Ouro com os dois únicos vinhos que submeteu ao Júri.Um monocasta de Touriga Nacional e um Tinto em “blend” (lote com várias castas) foram os néctares premiados. Isto depois de um interregno de um ano, devido a problemas de saúde da proprietária.

Mas as novidades do produtor Santarense não ficam por aqui. Como revelou em exclusivo ao nosso jornal Cristina Simões “temos tudo pronto para arrancar com um novo e importante projeto de investimento, que elevará o nosso patamar, em termos de qualidade e capacidade de vinificação”.

Estamos a falar da implementação de Enoturismo, com capacidade para grupos até 40 pessoas, com serviço de cozinha, nova sala de provas,um Museu Etnográfico com auditório e uma unidade de alojamento com seis quartos. “Vamos também duplicar a capacidade de vinificação de 100 para 200 mil litros”, adianta ainda a empreendedora, que com a grande resiliência que lhe é reconhecida tem olhos postos no futuro.

São projetos como o da Quinta do Sobral que puxam a sério pela região demarcada do Dão e nos fazem cada vez ter maior orgulho naquele que é, na minha opinião, o melhor “terroir” do mundo, como pudemos comprovar novamente hoje,na grande prova de algumas dezenas de vinhos da Colheita 2017 – Brancos, Rosés e Tintos – mais uma de eleição.

José Miguel Silva (DIRETOR)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies