PSA Mangualde confirmada na produção de novos modelos do Grupo

Os novos três modelos da Peugeot, Citroën e Opel vão ser produzidos no pólo ibérico do grupo PSA, que integra a fábrica de Mangualde. Informações mais concretas só chegam nos próximos dias.

PSA confirma produção de carros de lazer em Mangualde
  

O grupo francês PSA, dono da Peugeot e da Citroën, confirmou esta terça-feira, 13 de Fevereiro, que parte da produção de três novos veículos de lazer (LAV, na sigla inglesa) vai passar pela fábrica portuguesa de Mangualde.

Os novos veículos só serão revelados pela Peugeot, Citroën e Opel/Vauxhall nos próximos dias, estando disponíveis em versões de cinco e sete lugares. Os mesmos “serão produzidos nas instalações de Vigo (Espanha) e Mangualde (Portugal)”, que constituem o pólo ibérico do grupo liderado por Carlos Tavares (na foto).

Em comunicado, a PSA explica que foi instalada uma “plataforma inovadora”, derivada da EMP2, para tornar possível a produção nas duas fábricas. Em Portugal, esse investimento foi de quase 50 milhões de euros. Como já tinha sido anunciado, será também criado, a partir de Abril, um terceiro turno em Mangualde, para fazer face ao aumento da produção.

Este projecto da PSA era até agora conhecido como K9. Ao contrário dos actuais modelos produzidos em Mangualde – o Citroën Berlingo e a Peugeot Partner, que pagam classe 1 de portagem -, os novos modelos vão pagar classe 2, mais cara, devido às suas características.

O facto já levou o grupo francês a avisar que a fábrica de Mangualde corre o risco de fechar se as regras de classificação de portagem em Portugal não forem alteradas.