GNR levou a cabo ações de sensibilização para promover a paz nas escolas

A Guarda Nacional Republicana em Viseu, entre os dias 29 a 31 de janeiro, na sua área de responsabilidade, promoveu várias ações de sensibilização junto da comunidade escolar, no âmbito do Dia Internacional da Não Violência e da Paz nas Escolas, assinalado a 30 de janeiro, com o objetivo de alertar para a necessidade de prevenir comportamentos violentos.

Associado a este dia, os 31 militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário da GNR desenvolveram 22 ações e atividades, em 11 estabelecimentos escolares, onde foram abordados temas como bullying, violência doméstica, violência no namoro e ofensas à integridade física, sensibilizando assim 942 alunos.

No ano letivo de 2016/2017, foram realizadas  550 ações de sensibilização com crianças e jovens, tendo sido alcançados 26523 alunos. Neste período, as ofensas à integridade física, as injúrias/ameaças e os furtos, foram os crimes mais registados em ambiente escolar, pretendendo-se com estas ações prevenir este tipo de ocorrências.

Ação Nacional :

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 29 a 31 de janeiro, na sua área de responsabilidade, promoveu várias ações de sensibilização junto da comunidade escolar, no âmbito do Dia Internacional da Não Violência e da Paz nas Escolas, assinalado a 30 de janeiro, com o objetivo de alertar para a necessidade de prevenir comportamentos violentos.

Associado a este dia, os 653 militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário da GNR desenvolveram 451 ações e atividades, em 279 estabelecimentos escolares, onde foram abordados temas como bullying, violência doméstica, violência no namoro e ofensas à integridade física, sensibilizando assim 14 625 alunos.

No ano letivo de 2016/2017, nos 5 097 estabelecimentos de ensino policiados pela GNR, foram realizadas 16 248 ações de sensibilização com crianças e jovens, tendo sido alcançados 925 329 alunos. Neste período, as ofensas à integridade física, as injúrias/ameaças e os furtos, foram os crimes mais registados em ambiente escolar, pretendendo-se com estas ações prevenir este tipo de ocorrências.