Governo fixa prazo de dois meses para Câmaras criarem faixas de segurança. Retenção de transferências pode ser acionada

Muitas autarquias consideram que dois meses não chegam para cumprir o que o Governo exige quanto à criação e manutenção de faixas de segurança em estradas, junto a empresas, habitações e linhas de energia. No Orçamento do Estado para 2018 está prevista a retenção da transferência de verbas, mas muitos concelhos têm dúvidas em como executar uma tarefa que terá de estar concluída até ao final de maio.