Alunos de Mangualde, em roteiro pela área ardida, sensibilizados para a reflorestação

Decorre, desde 3 de novembro, um conjunto de atividades em prol do ambiente levadas a cabo junto da comunidade escolar e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde. O objetivo é sensibilizar as crianças do concelho para a importância de devolver vida ao solo fustigado pelos incêndios.

No âmbito do programa Eco-Escola do Agrupamento de Escolas de Mangualde, os alunos do 1.º ciclo foram convidados, no dia 3, a compreender o que todos podem fazer após os incêndios. Foram abordadas temáticas como a importância da cobertura vegetal no solo, a mais-valia da floresta autóctone e a técnica para fazer bolas de sementes (técnica japonesa utilizada para reflorestar áreas ardidas conhecida como “seed balls”). Ao todo, foram realizadas mais de mil bolas de sementes durante o dia 3, às quais se juntaram as realizadas nos dias 4 e 5 pelos adultos, durante a Feira dos Santos.

Nos dias 7 e 8 de novembro, as crianças dos 3.º e 4.º anos rumaram à Serra de S. António dos Cabaços, onde colocaram as “seed balls” no solo, semearam bolotas e onde lançaram sementes. A preocupação com os animais selvagens, que após os incêndios que deflagraram no território têm dificuldade em encontrar alimento, foi uma constante.

Para além dos alunos, também os professores, pais, encarregados de educação e assistentes operacionais contribuíram para o sucesso destas iniciativas.