Distrito de Viseu continua em risco máximo de incêndio

Quase todo o país está hoje sob risco elevado ou máximo de incêndio, à excepção de alguns pontos do litoral. Com temperaturas a rondarem os 30ºC, quase uma centena de concelhos dos distritos de Faro, Beja, Portalegre, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Viseu, Aveiro, Porto, Braga, Vila Real e Bragança está sob risco máximo de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o ‘reduzido’ e o ‘máximo’.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Às 06:30, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) dava conta de cinco incêndios em curso, quatro em resolução e 15 em fase de conclusão.

De acordo com a ANPC, às 06:30, estava por dominar um incêndio que deflagrou às 13:24 de terça-feira na Portela do Homem, Campo do Gerês, concelho de Terras de Bouro, no distrito de Braga.

Ao início da manhã este incêndio, que tinha uma frente ativa em território espanhol, mobilizava 91 operacionais, com o auxílio de 26 veículos.