“De outubro de 2013 a setembro de 2017, nenhuma empresa deixou o concelho de Carregal do Sal”

Em nota que fez chegar à nossa redação, a direção de campanha do PS em Carregal do Sal, acusa o PSD de se “agarrar à mentira e fazer dela a sua bandeira de campanha”, a propósito dos números do desemprego no concelho : 

De quatro em quatro anos, o sistema democrático dá voz aos cidadãos para a escolha dos representantes nos órgãos autárquicos. Nessa altura, surgem as campanhas eleitorais numa tentativa de angariar votos que conduzam à eleição da força política A, B, C ou D. Tudo pacífico e legitimado pelo contexto democrático.

O que não se pode aceitar são campanhas eleitorais que, em desespero de causa, vazio de ideias e prepotência exagerada se desenvolvem na mentira e na calúnia.

A campanha do PSD agarrou-se à mentira e faz dela a sua bandeira de campanha. O pior (ou o melhor para ilustrar a verdade) são os factos e os números.

Vamos a factos:

O PSD acusa o atual executivo PS de Carregal do Sal de ter deixado fugir empresas, não ter conseguido fixar empresas, de ter deixado aumentar o desemprego no concelho, adornadas com outro chorrilho de mentiras.

De outubro de 2013 a setembro de 2017, nenhuma empresa deixou o concelho de Carregal do Sal. Já anteriormente, em pleno mandato do PSD, assistimos ao encerramento da LECOMAD, da BASMOLD e da INTEGAL.

No mesmo período, de outubro de 2013 a setembro de 2017, durante o mandato do PS, fixaram-se no concelho a empresa AQUINOS e a J R Silva foi reativada.

O executivo do PS não prometeu, nem publicitou a vinda de checos e espanhóis, cujas máquinas, de há tanto tempo estarem em Barcelona, já devem estar bastante deterioradas. Alguém as viu no concelho?

Vamos agora a números, cuja veracidade pode ser confirmada no site do Instituto de Emprego e Formação Profissional (www.iefp.pt).

NÚMERO de INSCRITOS NO CENTRO DE EMPREGO – CARREGAL DO SAL

Mês/Ano

N.º de Inscritos no Centro de Emprego

Variação

Variação %

Governava a Câmara

out/2005

228

+ 129

+ 56,57 %

PSD

out/2006

221

out/2007

262

out/2008

284

out/2009

357

out/2010

397

+ 182

+ 50, 98%

PSD

out/2011

486

out/2012

453

out/2013

539

out/2014

511

– 286

– 53,06%

PS

out/2015

472

out/2016

354

julho/2017*

253

* último mês conhecido.

Os números falam por si.

Queremos dizer com isto que estamos satisfeitos? Não, obviamente que não. Queremos mais! Vamos lutar por mais. Com RIGOR e CONFIANÇA!

O que fica bem patente é que nos últimos quatro anos invertemos a tendência que herdámos do PSD.

Fazer campanha? Sim.

Mas campanha com VERDADE! A MENTIRA tem perna curta.

A Direção de Campanha do PS