PSD Nelas (Candidatura de Isaura Pedro) : “A 2ª Falácia de Borges da Silva”

As 10 Falácias de Borges da Silva

2ª Falácia: Compromisso da Redução de Pessoal Político

Diminuiu o pessoal político, até exonerando membros da sua equipa, mas aumentou brutalmente a despesa com avenças E PRESTAÇÕES DE SERVIÇO desnecessárias e sem sentido, EM CERCA DE UM MILHÃO DE EUROS POR ANO.

A redução e concentração das decisões políticas em duas pessoas, o presidente e a sua vice-presidente, no maior tempo do seu mandato, são fruto da necessidade de concentração de poder do Borges da Silva, que tem um sério problema em trabalhar com quem tem opinião própria.

Só desta forma conseguiria exercer uma gestão totalitária e controladora, por forma a subjugar as instituições e pessoas. E enganem-se os que pensam que esta prática trouxe poupanças como este insinua. Não, a rubrica até pode ter baixado nos ordenados políticos como diz, mas para que isso acontecesse foi necessário Borges da Silva abdicar de executar trabalhos com a estrutura da Câmara e os seus funcionários, tendo de recorrer sistematicamente a serviços externos, os quais maioritariamente de fora do concelho.