Trabalho,honestidade,humildade e verdade são o mote da candidatura de Manuel Marques

O candidato do CDS/PP, fez chegar à nossa redação uma nota em que pede aos eleitores de Nelas “uma oportunidade”, assente nos valores de “trabalho,honestidade,humildade e verdade”, comprometendo-se a “cumprir com toda a dignidade as funções de presidente da Câmara, não confundindo os interesses pessoais com os públicos”.

Manuel Marques, aposta numa postura de “frontalidade”, prometendo acabar com a “mentira e falta de transparência”.

Reagindo ainda aquela que diz ser uma “acusação de  alguns, poucos, militantes do PSD”, que quiseram responsabilizar o ex vereador do CDS-PP, pelo “excesso do Endividamento e a Situação Financeira da nossa Autarquia”,Marques remete a resposta para  um excerto da página n.º 40 do Relatório da IGF-Inspecção Geral de Finanças :

“A eventual responsabilidade associada à prática ilegal é imputável à então Presidente da Câmara Municipal, Senhora Isaura Leonor Marques Figueiredo Silva Pedro, que, para além de ter o dever de coordenar a actividade financeira da câmara Municipal, detinha a competência sobre a área económica-financeira do Município de Nelas, pelo que tinha a obrigação de prevenir a ocorrência da situação descrita, sendo que fui eu, por uma questão de solidariedade, que efectuou o direito de resposta ao Relatório da IGF e a ex-presidente até à presente data não sofreu qualquer consequência”.

Marques ainda destaca que “a competência sobre a área económico-financeira do Município de Nelas era da presidente de Isaura Pedro”.